Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Associação altera regulamento

Helder Jeremias - 15 de Março, 2016

O regulamento vai sofrer algumas mudanças muito severas uma vez que a sua revisão tem como objectivo importantes melhorias

Fotografia: Jornal dos Desportos

A direcção da Associação Provincial de Motocross de Luanda realiza sábado de manhã, na sua sede social, localizada no bairro do Gamek, a segunda reunião de concertação tendo em vista à alteração do regulamento e realização da jornada inaugural do Campeonato Provincial, marcada para o próximo dia 26  no circuito internacional Jorge Varela.

O elenco ora empossado, sob liderança do presidente de direcção, Carlos Soweto, reuniu-se, pela primeira vez, sábado passado no mesmo local, num encontro que teve como foco a revisão dos regulamentos a abordagem de questões relativas a preparação do palco da pista.O secretário-geral da associação em referência, Eduardo Lusito André, deu a conhecer, em declarações ao Jornal dos Desportos, que os membros da associação têm sabido colaborar de forma activa para que o primeiro encontro fosse célere na abordagem das questões sob a mesa, pelo que acredita que a próxima reunião sirva para limar as arestas e rever pontos de menor urgência.

Conhecedor profundo do dossier da Associação, Eduardo Lusito André mostra-se satisfeito pela forma prática como os novos lideres associativos estão a proceder na análise das questões técnicas e administrativas, porquanto não tomam decisões sem ouvir a opinião dos veteranos de forma a evitar percalços nos projecto gizados em prol do desenvolvimento do motocross.

O dirigente revelou que o regulamento não sofrerá mudanças muito severas, uma vez que a sua revisão tem como objectivo algumas importantes melhorias que se reflectem na vontade de todos quanto estão envolvidos de forma directa na modalidade, quer como dirigentes de equipas, pilotos ou sócios a todos os níveis.

"É sempre um grande prazer trabalhar com pessoas dispostas e colocar o seu saber em benefício do nosso desporto. Daí que os resultados que estamos a obter no cômputo administrativo estejam a superar as expectativas. Os nossos regulamentos sempre foram elaborados em defesa dos interesses da maioria, mas o tempo exige alterações em determinados pontos que a actual conjuntura obriga, daí que perspectivamos a sua conclusão na reunião de sábado", informou Eduardo Lusito André.

Disse ainda que a maior parte dos pilotos já procedeu às respectivas inscrições, porém, a associação vai continuar aberta para permitir que as equipas e pilotos individuais que ainda não o tenham feito, tenham a mesma possibilidade de se inscrever. "Os indicadores são animadores, se formos a ter em conta o pouco tempo que resta para o início do Provincial de Luanda e a quase total inscrição de pilotos, aliando-se ao facto de, nos últimos tempos, estarem a surgir pilotos em outras províncias do nosso belo país. todos são bem vindos, desde que nos possam dar garantia de aptidão para a categoria em que se queiram inscrever", garantiu o responsável.

Nova configuração
Circuito Jorge Varela sofre alterações


Uma equipa de técnicos da Associação Provincial de Motocross de Luanda, liderada pelo secretário-geral, Eduardo Lusitio André, procede, desde ontem, importantes alterações na configuração do circuito internacional Jorge Varela, para a época 2016 do Campeonato Provincial, cujo pontapé de saída está agendado para dia 26 do presente.

Durante esta semana, os trabalhos vão se cingir na mudança das boxes, e trabalhos manuais sobre alguns segmentos da pista que vão manter a antiga forma, pelo que a partir de segunda-feira da próxima semana, uma bulldozer alugada fará trabalhos de profundidade, tais como a fixação de novos saltos e escapatórias.

Eduardo André mostra-se encorajado pelo facto das chuvas que se abateram sobre a capital nos últimos tempos não terem causado danos avultados sobre a estrutura física do circuito, mas sublinha a necessidade de haver cautelas para se evitar novas surpresas, já que as previsões meteorológicas apontam para mais chuvas até finais de Abril.

"Estamos a procurar tornar o circuito mais técnico de maneira que os nossos pilotos possam ganhar mais alento e oferecer um espectáculo de maior qualidade aos seus adeptos. Estudamos os vários estilos e chegamos a conclusão que temos espaço para fazer algo muito parecido aos melhores circuitos espelhados pelo mundo", frisou Eduardo Lusito André.Helder Jeremias