Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Associao Provincial de Cabinda relana atletismo

JOAQUIM SUAMI | CABINDA - 09 de Janeiro, 2020

Relançar a prática de atletismo no seio de jovens com deficiência física em Cabinda é o principal objectivo da Associação Provincial dos Desportos Adaptados para a época desportiva 2020/201.
Para o vice-presidente desportivo, Pedro Sita Bimona, que avançou a informação em entrevista ao Jornal dos Desportos, o resgate da prática de atletismo consta no plano de acção da Associação por existir interesse de muitos jovens em aprender o \"ABC\".
 \"Achamos importante o relançamento do atletismo por ser prático e também por existir interesse de jovens com deficiência física em  praticá-lo. Após a conquista do campeonato nacional de basquetebol em cadeiras de roda, recebemos como presente do governo da província três moto-táxi, que nos ajudam na transportação dos atletas de casa para o local dos treinos e vice-versa\", disse.
A adesão de jovens e de adultos à prática do atletismo leva o responsável associativo a acreditar que o relançamento é um \"facto\".

BASQUETEBOL DE
CADEIRA DE RODA  

Pedro Bimona referiu que Cabinda é a segunda potência de basquetebol em cadeiras de rodas no país. Por isso, este ano, o esforço é redobrado para que a província continue a ocupar o lugar de destaque nas competições nacionais.
\"Cabinda é a segunda potência no país. Aliás, temos cinco títulos conquistados, uma Supertaça, três troféus da Taças de Angola e muitos do Torneio Lwini\", disse.
Recordou que, no último campeonato nacional decorrido em Agosto do ano passado, na cidade de Malanje, a equipa de Cabinda resgatou o título que já não conquistava há quatros anos. O feito satisfaz todos os aficionados na região.
Afirmou que o título resgatado motiva os atletas que deixaram de praticar a modalidade. Hoje, assiste-se à retomada de treinos, visando os compromissos que se avizinham.
Pedro Bimona lamentou a ausência de Cabinda na última edição da Taça de Angola por dificuldades financeiras. Esse ano, a província mais ao Norte de Angola vai competir na Taça de Angola, que a Lunda Sul vai albergar este mês.
\"Após o campeonato nacional decorrido em Agosto do ano passado, a equipa de Cabinda não parou de treinar. Temos a ambição de conquistar o título da Taça de Angola\", disse.
Sublinhou que a Associação dos Desportos Adaptados vai continuar a contar com o apoio do governo da província de Cabinda e do Comité Paralímpico Angolano para que o basquetebol em cadeiras de rodas não morra na região.
\"Vamos trabalhar com o apoio do governo de Cabinda para manter o título de basquetebol. É o nosso objectivo. Vamos pedir mais apoios em material desportivo. Possuímos algum material que recebemos do CPA que nos ajudam bastante, mas precisamos mais 10 cadeiras de rodas\", concluiu. 
De referir que a Associação Provincial dos Desportos Adaptados de Cabinda controla 53 atletas pertencentes às formações do Cabinda Sport Clube, Amigos do Amy e Amigos do Bimona.