Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Atiradores concluem formao para treinadores no Zimbabwe

Hlder Jeremias - 08 de Maio, 2013

Paulo Silva est entre os atiradores que concluem hoje o curso em Harare

Fotografia: Jornal dos Desportos

O vice-presidente da Federação Angolana de Tiro, Paulo Silva, acompanhado do secretário-geral, Adelino Chaves, os atiradores do 1º de Agosto Emerson Gomes e da Força Aérea Nacional José Araújo terminam hoje, em Harare, Zimbabwe, o curso de treinadores promovido pela Federação Internacional de Tiro Desportivo (ISSF, sigla inglesa), que teve início a 1 do corrente.

O evento, que conta com a participação de membros das distintas zonas do continente, visa proporcionar aos técnicos as mais recentes técnicas de disparo e regras de todas as variantes de tiro. Durante o curso, os formandos têm contacto directo com os melhores atiradores a nível mundial. O secretário-geral da federação angolana da modalidade, Adelino Chaves, disse, em contacto telefónico, que o evento estava a decorrer da melhor forma e que os conhecimentos obtidos vão ser de grande valia para o desenvolvimento dos atiradores nacionais.

Com regresso marcado para sexta-feira, os quatro beneficiários têm a incumbência de transmitir os conhecimentos aos demais atiradores durante um colóquio que a direcção da federação vai promover em data a ser marcada, após reunião com o presidente de direcção, Afonso Hanga. “Estamos na fase conclusiva da nossa formação e julgamos que a federação internacional está a desenvolver um programa muito ambicioso, porquanto saímos daqui munidos de sólidos conhecimentos que, decerto, vamos transmitir aos nossos companheiros em prol do desenvolvimento da modalidade”, disse Adelino Chaves. Hélder Jeremias


FOSSO OLÍMPICO
Quarta jornada do Nacional
motiva afinação de espingardas


Os atiradores nacionais preparam as suas armas com vista à disputa da quarta jornada do Campeonato Nacional de Fosso Olímpico, a ter lugar de 17 a 19 do presente, na província de Benguela. Organizado pelo Clube de Tiro Caça e Pescas de Benguela, o torneio está a ser preparado com muita acuidade por parte da organização, depois de, no ano transacto, ter tido problemas que inviabilizaram a desenvoltura da prova, realizada todos os anos no âmbito das festas da Cidade.

Humberto Jorge, vogal da Federação Angolana de Tiro, garantiu ao Jornal dos Desportos que a instituição já procedeu à aquisição dos meios logísticos, tais como cartuchos e pratos a partir da Empresa Nacional de Explosivos, pelo que compete à organização criar condições administrativas e alojamento a nível local.

“Mantivemos contacto com os nossos parceiros de Benguela e garantem que tudo está a ser feito para que a prova seja bem sucedida, numa altura que os materiais já foram garantidos pela empresa distribuidora, devendo seguir dentro de dias para Benguela”, disse Humberto Jorge. HJ