Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Atleta angolano treina fisico

Rosa Panzo - 03 de Novembro, 2015

Exercício de cargas físicas dominam a segunda etapa de preparação

Fotografia: Jornal dos Desportos

O exercício de cargas físicas dominam a segunda etapa de preparação do velejador angolano Manuel Lelo "Manucho", no Clube Naval de Cascais, em Portugal, visando a sua participação no Campeonato Africano de Laser Standard, a decorrer de 4 a 11 de Dezembro na Argélia.

O atleta do Clube Naval de Luanda realiza duas sessões diárias para se apresentar em boa condição competitiva na prova qualificativa aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. O preparador físico, Carlos Leitão, assegurou ao Jornal dos Desportos que o objectivo nesse ciclo é de aumentar a massa muscular do atleta, tendo em conta a natureza da prova a enfrentar.

No passado mês de Outubro, o velejador participou de duas provas da EuropaCup, em Portugal e Espanha. Os dois eventos contaram com as participações dos melhores atletas do ranking europeu da classe. Manucho conseguiu o quinto lugar em Portugal e o quarto na Espanha. A presença de Manuel Lelo no Clube Naval de Cascais conta com apoio da Federação Angolana de Desportos Náuticos, que mantém um acordo de cooperação com a sua congénere local.

Em busca da qualificação ao Rio estão em preparação 14 países africanos. A Tunísia e África do Sul já estão apuradas. Os sul-africanos obtiveram o passe de acesso na prova realizada em Santander, Espanha, em 2014. Em Argel, Manucho Lelo, como é conhecido nas lides desportivas, vai ter como adversários velejadores do Egipto, Ilhas Seicheles, Marrocos e anfitriões, Para acalmar o espírito do atleta , a Federação vai ser representada por Nuno Gomes, vice-presidente para Vela, e o técnico português Pedro Pinto.

LASER-470
Angola está a preparar a dupla de velejadores Paixão Afonso-Matias Montinho para a primeira edição do Campeonato Africano da classe Laser-470 a decorrer de 11 a 17 de Janeiro, na cidade sul-africana de Cape Town. Angola, segundo classificado do ranking africano na classe de Laser-470, vai lutar pelo título  continental contra as selecções de Moçambique, Argélia e África do Sul.