Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Atletas angolanos favoritos na Volta Cacau em Ciclismo

Simão Kibondo-SÃO TOME E PRÍNCIPE On/Line - 28 de Agosto, 2013

Selecção Nacional júnior está na capital de São Tomé e Príncipe para revalidar o troféu da Volta ao Cacau

Fotografia: Jornal dos Desportos

A prova mais importante do calendário da Federação São-tomense de Ciclismo arranca no próximo domingo com a disputa de um circuito urbano de 89,1 quilómetros, nas principais ruas da capital do arquipélago. Os angolanos são apontados como principais favoritos.

A primeira etapa, com partida e chegada na Praça da Independência de São Tomé e Príncipe, vai passar pelas diferentes ruas adjacentes ao Museu Nacional, Hotel Pestana (Marginal da Ilha), Pantufo, Cova Barro, Estação Terrana, Vila Maria, Rotunda das Nações Unidas, Avenida 3 de Fevereiro, Rotunda da Biblioteca, Avenida da Independência, Palácio do Presidente, Rua de Angola, Praça da Amizade, Praça da Independência, Rua do Município, Praia Brasil, Marginal 12 de Julho. A partir do quilómetro 69,3, a organização prevê sprints intermediários (meta-volantes), na segunda, quarta e sexta voltas e antes de cortar a meta.

Uma parte da delegação angolana desembarcou ontem na capital de São Tomé e Príncipe e é composta pela Selecção Nacional de Esperança.
A segunda etapa da competição está agendada para a próxima segunda-feira, dia 2 de Setembro, com uma prova de linha de 72,27 quilómetros entre a cidade capital e Porto Alegre.

Os ciclistas vão desfrutar do Distrito de Água Grande, também conhecido por coração comercial e político do país, até ao pulmão verde da Ilha, onde se localiza a ex-roça Porta Alegre, dotada de paisagem única. Durante o percurso vai haver três contagens de meta volante e igual número de contagens de prémios de montanha de terceira categoria antes de chegar à meta em Porto Alegre.

A terceira etapa está agendada para a próxima terça-feira e vai contar com a prova de contra-relógio num percurso de 16 quilómetros, entre as cidades de Neves e a aldeia de Santa Catarina.

Para essa prova, a organização reservou aos ciclistas um ambiente mais rústico. Neves é a capital do Distrito de Lemba e sede das principais actividades industriais e piscatórias do arquipélago. O destaque da indústria é a produção da cerveja Rosema. Santa Catarina é uma pequena aldeia de pescadores que se situa a alguns quilómetros do litoral.

A quarta e última etapa está agendada para quarta-feira num percurso de 89,9 quilómetros entre Água Arroz e a Pousada Boa Vista. A partida vai ocorrer nos arredores da cidade de São Tomé e é considerada o “viveiro” do ciclismo são-tomense. A Pousada Boa Vista é um dos primeiros hotéis construídos no arquipélago e consta dos pontos turísticos mais visitados.


EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
Benfica de Luanda é aguardada hoje

A equipa de ciclismo do Benfica de Luanda é aguardada hoje na capital de São Tomé e Príncipe, onde participa a partir de próximo domingo na Volta ao Cacau. Os benfiquistas vão contar com os ciclistas Igor Silva,  Walter da Silva, Osvaldo Manuel, Bruno André, Vicente Ngoio  e Mário de Carvalho. Na condição de detentores do troféu (2011 e 2012), os angolanos da equipa encarnada vão fazer-se representar com os números dorsais de 1 a 6.

Além do Benfica de Luanda, Angola vai contar com a selecção de Esperança, que já se encontra no local da prova para revalidar o troféu de juniores. A colectividade é formada por Dário António, Marcelino Augusto, Zeferino Epalanga, Daniel Ngombe, Cruz Tuto e Joaquim Bento.

O Santos Futebol Clube é a terceira equipa angolana presente na competição. Osvaldo Jacinto, vencedor da classificação individual da edição de 2011, lidera o pelotão constituído por Manuel Pereira, Domingos Wadilonga, Nazaré Kandimba, Tuassolo Rodrigues e Matemba Cardoso.

A internacionalização da Volta ao Cacau começou em 2010 e Angola fez-se representar com a Selecção Nacional de honras, que acabou por vencer a competição. Igor Silva, na categoria individual, foi campeão e bisou o título em 2012, já em representação do Benfica de Luanda.
SIMÃO KIBONDO| SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE


PREVISÃO
Equipa chinesa
chega no sábado


A equipa do Macau China, a grande novidade da prova para este ano, e a equipa portuguesa D´Helvetia desembarcam no Aeroporto Internacional de São Tomé, apenas no próximo sábado, um dia antes da competição.

Os chineses de Macau vão fazer a sua estreia na competição com Mun Kok, Tin Che, Chi Chu, Way Pun, Chao Wong e Chi Tam
Os portugueses D´Helvetia levam ao arquipélago quatro ciclistas, nomeadamente, Daniel Cardoso, Nuno Cardoso, Gil Santos e Paulo Roseta.

Os anfitriões vão estar representados com as equipas Mucumbi e Cecab Stp-Kaoka e os ciclistas Daladier Coelho, Edjemer Amado, Edney Nascimento, Daniel Sousa, Fábio Costa, Mauro Silveira, Alberto Pereira, Edney Quaresma, Atenilson Pereira, Vladimiro Cruz, Sílvio Aguiar e Hélder Santos.

A equipa francesa 3032 e a selecção cabo-verdiana, que também foram inicialmente convidadas, segundo o presidente da Federação São-tomense de Ciclismo, Tiziano Pisoni,  acabaram por declinar o convite devido às alterações de calendário e falta de patrocínios. SIMÃO KIBONDO| EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE