Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Atletas nacionais seguem viagem para os Africanos

Rosa Napoleão - 11 de Setembro, 2015

Taekwondistas seguem viagem

Fotografia: Nuno Flash

Depois de uma participação pálida no últimos campeonatos internacionais, como no Open da Coreia do Sul, os aletas almejam fazer tudo para superar e alcançar pelo menos uma medalha de prata.

O grupo que chegou hoje a Luanda, vindos de Lubango, dedicam o dia para um pequeno descanso, antes de partirem amanhã, para o palco da competição.

No pavilhão gimnodesportivo do Benfica de Lubango os taekwondistas trabalharam durante três meses os aspectos técnicos, técnicas de rapidez, velocidade, desequilíbrio e as simulações nos aparelhos electrónicos. Salomão Lumbo, seleccionador nacional, referiu ao JD que os dois atletas estão prontos para competir.

"Infelizmente só podemos contar com dois atletas. Apesar disso não podemos deixar de acreditar que podemos conseguir um resultado satisfatório", disse.

O medo do treinador consiste apenas nas provas em que estarão em causa os aparelhos electrónicos, material que está em falta no país.

"Estamos conscientes do quanto será difícil conseguir medalhar nesta prova. Vamos encontraremos muitas barreiras, contudo, continuamos com a esperança de que poderemos conseguir um resultado satisfatório".

O taekwondo superou a sua prestação nos Jogos da Lusofonia de 2009, disputados em Lisboa, onde Sandra António e Makila Carlos conseguiram medalhas de bronze. Em Goa, o espírito guerreiro de Manuel Uyango -58kg, fê-lo atingir a medalha de prata. Rosalina Canduco -49kg, Suzaneth Salomão -57kg e Sandra António +67kg conquistaram medalhas de bronze.