Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Atletas tm o seguro garantido

Pedro Futa - 02 de Novembro, 2019

A Empresa Nacional de Seguros (ENSA) vai assegurar os três mil participantes da 64ª edição da São Silvestre de Luanda, prova que acontece no dia 31 de Dezembro.
Em conferência de imprensa realizada na quinta-feira, no Anfiteatro do Edifício Kilamba, à Marginal, o presidente da Federação Angolana de Atletismo, Bernardo João, fez o lançamento da corrida e disse que cada participante vai pagar 100  Kwanzas para o seguro.
\"O orçamento deste ano está avaliado em 66 milhões de Kwanzas e o Ministério já disponibilizou 18 milhões, cada participante para além da taxa de inscrição de 500 AKZ, vai acrescentar mais 100 Kwanzas, devido ao seguro de saúde\",disse.Em 2013, um dos participantes faleceu depois de um mal-estar, após percorrer alguns quilómetros, cerca de 10 mil metros.A prova volta a ter um carácter internacional. Foram convidados os seguintes países,  Quénia, Etiópia, África do Sul, Namíbia, Uganda, Eritreia, Brasil e Portugal.

VENCEDOR
DA EDIÇÃO PASSADA
 ESTÁ EM DÚVIDA

O queniano Mokua Nyandusi, vencedor da edição passada, está em dúvida quanto à  participação neste ano. Segundo Bernardo João, quem decide a vinda é a federação do Quénia.
\"Endereçamos o convite à Federação do Quénia e vão decidir os dois atletas que vão participar\",disse.O presidente disse, ainda, que os atletas estão a ser aliciados para correr em outras provas.
\"O nosso prémio vai até aos quatro mil dólares Norte Americanos,  existem provas que pagam 50 mil euros aos atletas profissionais, que estão a ser aliciados por esses valores\",frisou.
A organização põe para esse ano um plano de preparação de oito semanas, para orientar os populares a percorrerem os 10 quilómetros.  As inscrições iniciam no dia 4 de Novembro, via on-line, e presencial na Federação Angolana de Atletismo e em todas as lojas da Sport Zone e encerra a 26 de Dezembro.
O percurso vai partir no Largo da Mutamba, às 17h00, com passagem na Serpa Pinto, Maianga, Avenida Revolução de Outubro, Ho-Chi Min, 1º de Maio, Alameda Manuel Van- Dúnem, Kinaxixi, Rua da Missão, Av. 4 de Fevereiro, Largo do Baleizão e chegada ao Estádio dos Coqueiros.
O primeiro classificado vai receber quatro mil dólares, o segundo 2.500 Usd, enquanto o terceiro vai receber 1.500 Usd.
A organização estipulou para os nacionais o prémio de 500 mil Kwanzas, para o primeiro classificado, 400 mil para o segundo e 300 mil para o terceiro. O mesmo valor para os paralímpicos.