Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Aurobindo Van-dnem vence torneio

lvaro Alexandre - 16 de Julho, 2018

Xadrezistas mostraram classe durante disputa de partidas rpidas

Fotografia: Eduardo Pedro | edies novembro

O xadrezista Aurobindo Van-dúnem  conquistou ontem, no anfiteatro do Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências, a II edição do Torneio Individual de Xadrez ISPTEC. O vencedor destacou-se na prova de partidas rápidas de 15 minutos, em 9 confrontos triunfou em sete, empatou uma e perdeu outra.
O certame foi ajuizado pela dupla, Manuel Vander (árbitro principal) e Tobias Nandjungo (árbitro auxiliar). As vitórias foram alcançadas nos confrontos com António Fernandes, Cardoso José, Almodvar Baldaia, Honório Cristo, Domingas Tavares, Capita dos Santos e Euler Gaspar. Entretanto, empatou com Cristian Miranda e perdeu com  Honório Cristo.
O \"imperador\", do torneio de partidas rápidas de 15 minutos, não descontou a sua fúria demolidora. Na despedida, após disputar  oito partidas e conquistar  6,5 pontos, Aurobindo Van-dúnem ultrapassou  Euler Gaspar.
Cristian Miranda despachou  Raúl Teixeira, Almodvar Baldaia venceu  Josne Baptista e Capita dos Santos triunfou diante de José Cardoso.
A xadrezista Domingas Tavares foi derrotada por adversário Honório Cristo, Rosalino Contreiras foi vencido pela xadrezista  Benvinda Sunga e António Fernandes foi derrotado pelo atleta Vasco Campos.
Após conclusão da nona e última ronda do Individual do ISPTEC, a classificação final foi a seguinte: Aurobindo Van-dúnem  (7,5), Cristian Miranda (6,5), Honório Cristo (6), Almodvar Baldaia (6), Benvinda Sunga (4,5), Domingas Tavares (4), Euler Gaspar  (4), Capita dos Santos  (4), Josne Baptista (4), Raúl Teixeira (2), André António (2), António Fernandes (1,5), Cardoso José (1,5), Vasco Campos (1), José Cardoso (0,5) e Rosalino Contreiras (0,5).

 PROVAS  DE REGIÕES
A equipa da Huíla Massango venceu a prova  Regiões de Angola, que se disputou ontem em Luanda, com 7,5 pontos. O Bedenkzeit Blitz, de 15 minutos, contou com a partição de 14 equipas.
O Catete - Viana  encerrou a competição com derrota.  Os de Catete foram destruídos pela dupla Maianga - Cazenga, São Paulo teve o mesmo azar, perdeu com  Luanda - Kiba, Ingombotas - Cacuaco não conseguiu evitar a derrota, no confronto com  Kitexe - Bengo e Uíge  - Negage triunfou diante  de Talatona - Andulo.
O Cunene - Cuvango empatou com  Huila - Massango, Gamek - Malanje repartiu o ponto com o Miramar - Ilha e também a Ambuila - Soyo apostou na partilha do ponto com  Menongue - Saurimo.
A Huíla - Massango  terminou na primeira posição da prova de regiões, com 6 pontos. Nas posições imediatas quedaram-se o Catete - Viana (5,5), Maianga  - Cazenga  (5,5),  Luanda - Kibala (5,5), Miramar - Ilha (4,5), São Paulo    (4,5),  Cunene Cuvango (4,5), Ingombotas - Cacuaco (4,5), Kitexe - Bengo (4,5), Ambuila  - Soyo (4), Menongue - Saurimo (4), Uíge - Negage (3,5), Gamek- Malanje (3,5) e Talatona -  Andulo (3).