Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Azarenka reconhece má forma

19 de Março, 2016

Tenista facturou o título em Brisbane no começo do ano e acabou com série duas temporadas inteiras sem uma conquista

Fotografia: AFP

Não obstante ter garantido vaga nas meias -finais no Premier de Indian Wells com uma vitória arrasadora, a pedalar uma bicicleta para cima da eslovaca Magdalena Rybarikova, a bielorrussa Victoria Azarenka não deixa o resultado  empolar excessivamente. À procura do top 10, tem como meta passos bem maiores, como voltar ao número 1 e ganhar mais Grand Slam.

Por isso, Azarenka não está totalmente feliz com o que tem feito. "Não acho que esteja próxima de todo o meu potencial. Vejo o que consigo fazer nos treinos e sei que posso melhorar fisicamente. Estou longe disso e por isso quero melhorar", analisou a actual 15 do mundo, que precisou de apenas 67 minutos para aplicar duplo 6/0 sobre Rybarikova e garantir lugar na semi, contra a tcheca Karolina Pliskova. "Acho que o segredo hoje foi o começo.

Estava muito agressiva, aproveitei as oportunidades e senti que estava no controlo da partida", comentou a bielorrussa sobre o triunfo nos "quartos". "No segundo set, acho que ela não estava  a sentir-se muito bem. Mas foi importante manter o foco e continuar a ditar o ritmo. É fácil  desconcentrar-se e ficar a prestar atenção demais no seu oponente", acrescentou.

Detentora de 18 títulos na carreira, com destaque para as duas taças do Australian Open (2012 e 2013), Azarenka facturou o título em Brisbane, no começo do ano e acabou com a série de duas temporadas inteiras sem uma conquista. "Estou  num estágio diferente da minha carreira, buscar o número 1 de novo é uma das minhas metas, mas a principal delas é voltar a ganhar Grand Slam. É por isso que tenho trabalhado duro", revelou a bielorrussa.