Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bai/Sicasal/Petro termina IV etapa atrs do vencedor

JOO FRANCISCO - 02 de Março, 2019

Os ciclistas rolaram a uma mdia de velocidade de 39,077 Km/h

Fotografia: Jornal dos Desportos

A equipa principal de ciclismo do Petro Atlético de Luanda (BSP) terminou em segundo lugar, a sua melhor performance entre as 15 equipas profissionais, da quarta etapa da 11ª edição do Tour do Rwanda, que faz disputar neste final de semana a oitava e última etapa em Kigali. O \"team\" angolano alterna entre a sétima e 10ª posição da classificação geral por equipas.
O português Guillaune Almedia na 11ª posição com 2h37min50s, o norte-americano Timothy Rugg na 17ª (02h38min19s), o angolano Bruno Araújo (02h39min54s) e o português Micael Isidoro na 42ª posição com 02h43min29s deram o segundo lugar à equipa angolana, atrás da selecção da Eritreia, campeão africana.
Disputada entre Rubavu e Karongi, numa distância entre 102,6 quilogramas, os ciclistas rolaram a uma média de velocidade de 39,077 Km/h. A quarta etapa foi vencida pelo israelita Alcebíades Avila, do Cicling Academy Colombia, com o tempo a registar em 02h37min32s.
Na quinta etapa, disputada num percurso de 138,7 quilómetros, o português da BSP, Micael Isodoro, abandonou a prova por cansaço. As combinações de metas volantes e prémios de montanhas fatigaram o atleta.
Os angolanos estão concentrados para enfrentar a última etapa que se disputa domingo entre Nyamata e Kigali numa extensão de 100 quilómetros, segundo Carlos Araújo, chefe da delegação e treinador.
A Astana, da elite mundial, é a virtual vencedora da competição rwandesa.