Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Barreiro defende apoios aos jovens

Gaudêncio Hamelay, no Lubango - 04 de Setembro, 2016

O primeiro vice-presidente da Federação Angolana dos Desportos Motorizados, Ramiro Barreira, defendeu no Lubango a necessidade de maior apoio aos jovens pilotos que despontam na modalidade,

Fotografia: Jornal dos Desportos

A intenção manifestada por Ramiro Barreira surge pelo facto do jovem piloto de apenas 18 anos, Adilson Pinto, do Team Damião e Filhos da Huíla ter conquistado no passado domingo no Lubango, nos “200 km da Huíla”, o troféu do Grande Prémio de motos na classe de EVO600 centímetros cúbicos.

Ressaltou que o jovem piloto huilano tem margem de progressão muito grande e pediu às autoridades e entidades da província da Huíla  para  apoiarem o novo talento que desponta no desporto motorizado angolano.

“Por este feito, só temos de felicitar. O miúdo é jovem, tem 18 anos e com uma margem de progressão muito grande. É a terceira corrida que faz, por isso, temos de trabalhar com o miúdo.

Peço às autoridades e às entidades da Huíla a apoiarem o miúdo porque é um jovem piloto com quem no futuro podemos contar”, enalteceu.
Com a idade que tem, sublinhou Ramiro Barreira, podemos trabalhar com este jovem piloto para colocarmos ao nível da moto 3 ou 2 e metermos o país em cima.

Defendeu que por essa razão, “precisamos de alguns investimentos não muito grande a nível das motos” e acrescentou  “termos esta perspectiva porque está um miúdo daquelas obras-primas que nascem por si, daí, termos que apoiar e dar forças”, afirmou.

Ivan Santos, presidente de direcção da Associação Provincial dos Desportos Motorizados da Huíla (APDMH) garantiu que o órgão que dirige vai daqui em diante repensar na  política de apoios, por ser importante no sustento dos pilotos.

“Vamos ter de pegar naqueles pilotos que têm sobressaído e tentar apoia-los para que no próximo Campeonato Angolano de Velocidade, a província da Huíla tenha um piloto a disputar o título nacional.

Então, daqui para frente, nós vamos ter de facto repensar a nossa política de apoio”, asseverou.

Ivan Santos disse que o jovem piloto, Adilson Pinto, é de facto uma revelação no desporto motorizado porque pela primeira vez que participa nos 200 km da Huíla-edição 2016,- levou a taça de vencedor para casa nas motos EVO600 cc.

No entanto, Osvaldo Pinto, pai do jovem piloto, referiu estar a trabalhar na captação de apoios para facilitar na melhor progressão do atleta.

Osvaldo Pinto apelou à classe empresarial huilana a acreditar no futuro promissor do novo talento “porque já há muito tempo que vemos que o miúdo tem futuro”.Gaudêncio Hamelay - Lubango

Revelou ter recebido uma proposta de apoio da empresa Cervejeira N’gola. “Vamos aguardar o contacto e todo o apoio daqueles que possam ajudar, seria muito bom porque estamos a precisar de apoios no desporto motorizado a nível nacional e em particular para o meu filho que pode vir a  dar glórias ao país”, apelou Osvaldo Pinto.

Admitiu que competir ao lado de Hélder Coelho “Vuty” considerado o melhor piloto de todos os tempos, não é fácil e destacou que Adilson Pinto “Rango”, teve o privilégio de triunfar  na prova.


LUTO
Sporting do Bié lamenta
morte do ex -presidente da mesa


A direcção do Sporting Club Petróleo do Bié lamenta a morte do ex -presidente da mesa de assembleia-geral do Clube, Joaquim Rodrigues de Sousa Júnior, de 68 anos de idade, ocorrido na sexta-feira, vítima de acidente de viação.

''Neste momento difícil e doloroso, a direcção do Sporting do Bié, curva-se perante o malogrado e endereça à família enlutada, aos sócios e atletas da formação dos verdes e brancos, os mais profundos sentimentos de pesar'' - lê-se na missiva distribuída a Angop.

Joaquim Rodrigues de Sousa Júnior exerceu as funções de presidente de mesa de assembleia-geral nos últimos três mandatos, no período compreendido entre 2004 a 2016, respectivamente.

Exerceu igualmente as funções de delegado provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos de Guerra, administradores municipais do Cunhinga e Cuito, também foi membro do Comité Central do MPLA.