Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bauke Mollema triunfa em etapa

17 de Julho, 2017

A Volta à França em bicicleta continua animada e o holandês Bauke foi a figura de ontem

Fotografia: Jeff Pachoud| AFP

O ciclista holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo) venceu ontem, domingo, em solitário a 15.ª etapa da Volta a França, ao escapar aos companheiros de fuga num dia em que a amarela de Chris Froome (Sky) esteve em perigo.

Mollema cumpriu os 189,5 quilómetros entre Laissac-Sévérac l\'Église e Le Puy-en-Velay, em 04:41.47 horas, deixando o italiano Diego Ulissi (UAE Team Emirates) e o francês Tony Gallopin (Lotto Soudal), respetivamente, segundo e terceiro, a 19 segundos.

O britânico Chris Froome (Sky), que teve vários sobressaltos durante a fuga e chegou a andar atrasado em relação aos concorrentes da geral, manteve a camisola amarela e a diferença de 18 segundos sobre o italiano Fabio Aru (Astana) e 23 sobre o francês Romain Bardet (AG2R La Mondiale).

CASTIGO
A União Ciclista Internacional (UCI) decidiu sexta-feira retirar as penalizações impostas ao colombiano Rigoberto Uran (Cannondale-Drapac) e ao australiano George Bennett (Lotto NL-Jumbo) por abastecimento ilegal na 12.ª etapa da Volta a França.

A Cannondale-Drapac anunciou, na sua página oficial na rede social Twitter, que tinha sida informada que o castigo dos dois ciclistas tinha sido retirado.

Na quinta-feira, após a 12.ª etapa do Tour, Uran e Bennett tinham sido punidos com 20 segundos por terem sido abastecidos com água dentro dos 20 quilómetros finais da tirada, algo que não é permitido pelos regulamentos.Com esta decisão da UCI, Uran mantém-se no quarto lugar do Tour, mas agora a 35 segundos do italiano Fabio Aru (Astana), enquanto Bennett segue no nono posto, a 4.04 minutos da liderança.