Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Becker vai continuar a colaborar com Djokovic

08 de Novembro, 2014

Becker vai continuar a colaborar com Djokovic

Fotografia: AFP

Em entrevista publicada ontem ao jornal “Bild”, o tricampeão de Wimbledon, de 46 anos, disse que o vínculo com o sérvio vai ser selado com “um aperto de mão” e vai durar “enquanto os resultados continuarem a aparecer”, embora para já o acordo aponte para a temporada de 2015.

“A nossa parceria é bem sucedida e estou ansioso por continuar a trabalhar com ele (Djokovic)”, disse o antigo jogador ao diário alemão.

Sob orientação técnica de Becker desde 2011, Djokovic conquistou seis títulos em 2014, entre eles um segundo troféu em Wimbledon, numa campanha que permitiu ao sérvio recuperar a liderança no circuito profissional.

No entanto, Djokovic ainda não sabe se vai terminar o ano em primeiro lugar da hierarquia, já que tem ainda a posição sob ameaça do suíço Roger Federer. Só depois do Masters, que começa amanhã, em Londres, se vai saber quem encerra a temporada no topo da hierarquia.

KVITOVA E PETKOVIC
ABREM FINAL DA FED CUP

A checa Petra Kvitova, quarta do “ranking” mundial, e a alemã Andrea Petkovic, 14ª da hierarquia, disputam hoje o primeiro encontro de singulares da final da Taça Fed, a mais importante competição de ténis de selecções femininas.

Conforme a nota publicada pela Federação Internacional de Ténis (ITF), o outro confronto de singulares de hoje, na Arena de Praga, vai ser disputado entre a checa Lucie Safarova, 17ª do circuito, e a alemã Angelike Kerber, que fecha o “top 10” no WTA Tour.

Amanhã, vai ser  a vez de Kvitova defrontar Kerber, num embate que pode definir a campeã, caso uma selecção chegue ao segundo dia com duas vitórias.

Também se necessário, o quarto encontro de singulares pode ser disputado entre Safarova e Petkovic. Para o embate de pares, que fecha esta final, foram escaladas as checas Lucie Hradecka e Andrea Hlavackova e as alemãs Sabine Lisicky e Julia Gorges.

No histórico da competição, a República Checa conta com sete troféus (cinco como Checoslováquia), enquanto a Alemanha venceu duas vezes a Fed Cup, a última em 1992. A Itália é a detentora do título, depois de bater na final de 2013 a Rússia por 4-0.