Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Benfica de Luanda pedala na Volta à RDC

Simão Kibondo - 26 de Maio, 2016

Ciclismo, volta a República Democrática do Congo

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Sport Luanda e Benfica é a única equipa inscrita na quarta edição da Volta a República Democrática do Congo (RDC), que se disputa de 4 a 14 de Junho, a partir de Kinshasa e percorre outras nove províncias do país de Joseph Kabila. A equipa das águias da capital ganhou por mérito o direito de participação, por  conquistar a terceira edição disputada em 2015. A equipa de Carlos Araújo arrebatou os títulos individual e colectivo.

Depois de conquistar a terceira edição da Volta as Terras do Café, disputado de 14 a 22 do corrente, o Benfica de Luanda vai estar representado na prova congolesa com seis ciclistas, mormente, Dário António, Cruz Tuto, Gabriel Cole, Bruno Araújo e Wagner Chiquito. A delegação inclui o mecânico João Baptista Massala.

As duas provas servem de preparação para o Campeonato Nacional de Ciclismo de Estrada Unificado, que se disputa de 23 a 26 de Junho  na província do Uíge. A equipa encarnada augura conquistar todos os troféus à disposição.

As equipas benguelenses do Hotel Luso e Jair Transportes manifestarem igualmente interesse em participar na quarta edição do Tour da RDC. Porém, a organização da prova recusou as inscrições por serem fora dos prazos definidos e não servirem os interesses que se propõem atingir. A Federação Congolesa de Ciclismo (FECOCY) deixou no ar a promessa de aceitar as inscrições de outras equipas nas próximas edições da prova.

A delegação angolana deixa Luanda com destino a Kinshasa no dia 2 de Junho. O regresso acontece a 17 do mesmo mês, a bordo da companhia angolana de bandeira, TAAG.
 
EUROPEUS
E AFRICANOS


Além de Angola, participam na quarta edição da Volta a RDC, três equipas locais e representantes de Burkina Faso, República do Congo, Senegal, Benin, Ghana, Uganda, Togo, Burundi, Madagáscar e Tanzânia.

Do continente europeu devem estar quatro equipas, em representação de França, Bélgica, Holanda, e  Alemanha. A organização espera congregar 18 equipas num total de cento e seis ciclistas.