Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Benfica de Luanda tem estágio assegurado em Portugal

Simão Kibondo - 13 de Abril, 2014

Estágios pré-competitivos” de ciclistas da equipa principal do Benfica de Luanda em Portugal

Fotografia: Jornal dos Desportos

Por outro lado e à margem dos interesses do ciclismo no Sport Luanda e Benfica (SLB), suportados pelo Banco Bic-Angola, um dos principais patrocinadores da equipa Continental Banco-Bic Carmin/Tavira, a própria Federação Angolana de Ciclismo (FACI) accionou este ano os mecanismos para a reactivação dos protocolos existentes de 2002 a 2008.

O primeiro encontro entre a FACI e a União Velocipédica Portuguesa/Federação Portuguesa de Ciclismo (UVP/FPC) no quadro da reactivação dos protocolos para o período 2014-2016, que abrange a cooperação em quase todas as áreas, desde a administrativa, desportiva e formativa (acções no capítulo de organização de provas e cronometragem), realizou-se na primeira quinzena do mês de Março em Lisboa.

“No âmbito das boas relações existentes entre a UVP-Federação Portuguesa de Ciclismo e a FACI-Federação Angolana de Ciclismo, vimos manifestar o nosso interesse em cooperar com a vossa federação na área administrativa, desenvolvimento desportivo e organização de eventos internacionais”, diz o ofício que o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, enviou este mês ao seu homólogo angolano, Diógenes de Oliveira.

 O documento acrescenta que “mais se informa que é nossa intenção estabelecer um protocolo entre as duas instituições, pelo que é elaborada uma proposta de protocolo que é apresentada na reunião de Direcção que é enviada oportunamente para vossa apreciação”, concluiu.

VOLTA A PORTUGAL
REGRESSA A MAIA


A Volta a Portugal em biciclista regressa a Maia, 12 anos depois de ter acolhido a última edição.

No âmbito deste acordo assumido pela autarquia de Maia, presidida por Bragança Fernandes, e a organização da prova, a Podium, está previsto, igualmente em Julho, o final da Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros naquela região.   A Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros é a principal competição para ciclistas sub23, em Portugal, inscrita no calendário internacional da UCI-União Ciclista Internacional, que se realiza de 17 a 20 de Julho deste ano, segundo uma nota da organização, a Podium.

O presidente da Câmara Municipal de Maia, Bragança Fernandes, considera que “a chegada de uma etapa da Volta é muito importante para a Maia, uma vez que o ciclismo faz parte intrínseca da história desportiva do nosso concelho”, e acrescenta que está muito orgulhoso pelo regresso da Volta a Portugal à região.

 Para o director da prova, Joaquim Gomes, o regresso da Maia é um dos factos mais importantes da edição 2014 da Volta. “A inclusão de regiões representativas da modalidade é obviamente de saudar.”

No historial da Volta a Portugal, a Maia já recebeu cinco finais de etapa, a última em 2002, quando a equipa espanhola Banesto venceu o contra-relógio por equipas que teve como cenário a Torre do Lidador, disse Joaquim Gomes.

A  Maia é um município que vive intensamente o desporto e neste ano, em que é Cidade Europeia do Desporto, tem demonstrado e partilhado as mais diversas modalidades com as suas gentes.

 Com tradições firmadas no panorama velocipédico, o concelho da Maia e a sua sede em particular acolhem, desde  1991, a União Ciclista da Maia, formação que já rodou nas mais importantes provas do mundo, estando actualmente apostado no ciclismo de formação com uma equipa de clube liderada pelo antigo corredor Joaquim Andrade.