Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Benguela felicita candidato do MPLA

Helder Jeremias - 01 de Junho, 2017

Evento desportivo está enquadrado no programa de apresentação de João Lourenço aos militantes do partido maioritário das acácias rubras

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

A apresentação do candidato do MPLA às eleições de Agosto próximo vai contar com um Grande Prémio de motocross na cidade de Benguela no dia 11 do corrente no circuito local. Os agentes desportivos desdobram-se na criação de condições técnicas e administrativas para a realização de uma prova de grande vulto.Promovido pelo Comité do MPLA na cidade das acácias rubras em parceria com a Associação Provincial de Desportos Motorizados, o evento conta com a participação dos pilotos com maior palmarés das províncias de Luanda, Huíla, Namibe, Cuanza Sul e Benguela.

Sob a direcção técnica do antigo piloto, Orlando Almeida, e do especialista em desportos motorizados, Isaque Rodrigues \"Záza\", o certame faz disputar duas mangas de cada uma das tradicionais categorias (250cc, 150cc e moto 4) e uma corrida de motorizadas dos 50cc, a conhecida kupapatas.Dezenas de jovens amadores dão os primeiros passos rumo a uma carreira desportiva de nível profissional e outros procuram apenas se deleitar com o espectáculo sobre rodas.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, Orlando Almeida informou que os pilotos e os dirigentes das equipas receberam com agrado a \"boa nova\". O programa \"atractivo\" dos promotores garante a materialização de uma prova com elevado espectro competitivo.Os trabalhos de manutenção do circuito vão ter início nos próximos dias. Orlando Almeida e uma equipa de especialistas deixam nas próximas horas a capital do país com destino a Benguela. A Associação e as autoridades locais trabalham em sintonia com os agentes hoteleiros para proporcionar aos visitantes uma estada agradável.

\"Foi com uma satisfação enorme que recebemos o convite para realizar uma prova de grande envergadura na província de Benguela. O gesto representa um indicador de que o motocross continua a constar entre as modalidades mais expressivas do panorama desportivo nacional. Na condição de agentes desportivos, estamos preparados para assumir com brio as nossas responsabilidades no processo de massificação desportiva\", frisou Orlando Almeida.

Para supervisionar os regulamentos e outros aspectos básicos, o Conselho Fiscal da Federação Angolana de Desportos Motorizados é chamado para que a prova decorra sem sobressalto.\"As equipas e os pilotos devem preparar-se e garantir as confirmações para os lugares nas aeronaves que vão transportá-los até Benguela\", advertiu Orlando Almeida.


CATEGORIA 250CC
Agugu eleva fasquia


O piloto individual, Augusto Congo \"Agugu\", é apontado como um dos principais candidatos à conquista do Grande Prémio em apoio ao candidato do MPLA à presidência da República, que a cidade de Benguela vai albergar no dia 11 do corrente, no âmbito da visita de João Lourenço.Considerado entre os pilotos com maior palmarés na praça nacional, Augusto Congo está galvanizado com a vitória obtida domingo último na capital da Lunda Sul, no Grande Prémio Cidade do Saurimo. A prova foi organizada pela Associação Provincial de Motocross de Luanda para celebrar o 61º aniversário daquela urbe, assinalado no dia 28 de Maio.

Sem contar com uma equipa bem estruturada para rentabilizar as suas potencialidades, Agugu tem sabido elevar o prestígio com performances de arregalar os olhos diante das \"feras\" do motocross nacional. É um nome que consta da naipe em que se destacam Zé Cazenga, Fernando Baptista \"Fernas\", Etelvino Sebastião e o piloto namibiano, Ruhan Gous.

Em Saurimo, Augusto Congo teve a tarefa facilitada em virtude das ausências de Zé Cazenga e Fernando Baptista. Os dois pilotos abdicaram da prova do leste do país por beneficiarem da recuperação de pequenas mazelas físicas contraídas na segunda jornada do Nacional de motocross disputada em Ndalatando.O Jornal dos Desportos apurou que Fernando Baptistas e Zé Cazenga realizam trabalhos físicos sem grandes limitações. O facto não preocupa Augusto Congo nem outros concorrentes. Todos alegam \"boa disposição\" para enfrentar os desafios.