Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Benguela quebra jejum

Jlio Gaiano em Benguela - 17 de Janeiro, 2019

Sete é o número da divindade. Sétimo foi o dia que Deus descansou após a criação de todas as coisas. Sete anos depois, Benguela põe fim ao jejum de derrotas nas competições nacionais.
O 1º de Agosto de Benguela não teve contemplações e destronou a confrade de Luanda (1º de Agosto) por 28-19, num jogo de um só sentido. A festa foi desenhada desde o princípio do jogo.
No final, o público presente no pavilhão das acácias rubras vibrou e invadiu o recinto. Era a festa de consagração há muito desejada. A última vez ocorreu em 2011 com Electro do Lobito diante do mesmo adversário. Os agentes da Polícia Nacional tiveram trabalho para proteger a integridade física das atletas e dos treinadores.
A consagração do 1º de Agosto de Benguela indicia o reencontro das benguelenses com o sucesso.
Está de volta para resgatar o seu lugar. Colocar duas equipas no pódio (Electro do Lobito) encantou os nativos presentes no pavilhão. Mães, irmãs, primas e amigas choraram pelo efeito. Para o terceiro lugar, o Electro do Lobito derrotou a Marinha de Guerra de Luanda por 34-28.
Abaixo da tabela geral ficaram o Atlético do Namibe, Progresso Sambizanga, Petro de Luanda, Petro de Luanda-B, Peróla Negra da Baía Farta, Chicapa da Lunda Sul e União do Namibe.