Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bernie Ecclestone acusado de suborno

18 de Julho, 2013

Munique acusou, Bernie Ecclestone, suborno

Fotografia: AFP

A procuradoria de Munique acusou formalmente o patrão da Fórmula 1, o britânico Bernie Ecclestone, de suborno, porque o inglês pagou supostamente 33,5 milhões de euros a um antigo empregado do banco público bávaro BayernLB.

Depois de uma investigação de mais de dois anos, a procuradoria formalizou a acusação a Ecclestone, dizendo que o inglês subornou o banqueiro alemão Gerhard Gribkowsky durante o processo de venda da participação do BayernLB no negócio da Fórmula 1. O banqueiro alemão encontra-se preso há dois anos, por desfalque e fraude fiscal. Em 2006 foi acusado de vender a participação do BayernLB na Fórmula 1, operação na qual Gribkowsky trabalhou com Ecclestone.

A acusação da procuradoria alemã diz que Ecclestone pagou 33,5 milhões de euros a Gribkowsky através de uma fundação, em nome da sua esposa, e também de empresas fantasmas, situadas nas Caraíbas e no Oceano Índico.

Triunfo de Rui Costa
festejado em Portugal

A vitória de Rui Costa, na etapa de terça-feira da Volta à França em bicicleta, foi vivida de forma muito especial em Aguçadoura, terra natal do corredor, onde familiares e amigos partilharam o orgulho no ciclista português da Movistar.

O tio de Rui Costa, Fernando Silva, considerou que o sobrinho “já merecia esta oportunidade de vencer uma etapa depois do esforço que tem feito pela equipa”, esperando que “ainda nesta edição do ‘Tour’ o Rui possa vencer mais uma etapa". Fernando Silva lembrou que por estes dias “toda a freguesia tem acompanhado o percurso do Rui Costa”, e que muita gente "fica em casa a ver na televisão aquilo que ele pode fazer, sempre à espera de uma vitória”.

O irmão do corredor, Mário Costa, também ciclista, disse ser “impressionante a forma como ele ganhou força para fazer a arrancada que o isolou na frente e manteve um ritmo espectacular”. Mário Costa partilhou a conversa telefónica que teve com o irmão depois de este ter vencido a etapa.
“Estava muito feliz e disse-me que esta vitória lhe vai dar mais ânimo para o que resta da prova”, acrescentou.

Ao orgulho dos familiares juntava-se a admiração dos amigos de Rui Costa e de toda a população da vila de Aguçadoura.