Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bernie Ecclestone culpa a Mercedes

15 de Junho, 2013

Apesar de não dizer de maneira directa, o chefe da categoria isenta a empresa fornecedora e aponta a equipa alemã como a grande culpada pelo ocorrido.
Ecclestone disse que o tribunal tem todos os factos. “Se me oferecer bens roubados, cabe a mim decidir se quero aceitá-los ou não. Não cabe a ninguém dizer-me o que devo fazer. Eu devia saber o que fazer”, afirmou o chefe máximo da F1, em entrevista ao jornalista inglês Adam Cooper.

A motivação da empresa fornecedora ao propor testes às equipas da F1, segundo Ecclestone, era estudar a causa do alto desgaste dos pneus, que gerou as reclamações das equipas como a Red Bull e a própria Mercedes, e solucioná-lo no futuro.

“A Pirelli fez a coisa certa. Ela não podia sair de um problema com os pneus se não houvesse testes apropriados. Por não haver nenhum teste apropriado, fez com que tenham este problema. Como as equipas estão a reclamar, a coisa óbvia a ser feita era correr atrás de testes. E ela pediu”, completou.
Bernie Ecclestone voltou a usar uma metáfora para culpar outra vez a Mercedes pelo erro. “O que é certo, é certo.