Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

BMX pode levar Carnaval aos Jogos do Rio´2016

07 de Maio, 2015

O BMX brasileiro pode levar Carnaval para o Rio de Janeiro nos Jogos Olímpicos-2016

Fotografia: AFP

O BMX brasileiro pode levar Carnaval para o Rio de Janeiro nos Jogos Olímpicos-2016. Não se trata da festa tradicional cantada e decantada em sambas e marchinhas, que ajudaram a dar notoriedade internacional à cidade. Mas o Carnaval em questão vem do sobrenome da família da sorocabana Priscilla Stevaux Carnaval, 21.

O mais curioso é que a origem do nome da família é italiana, e grafava-se, inicialmente, Carnevale. Em algum momento, quando da vinda dos bisavós de Priscilla para o Brasil, erraram na grafia. A forma actual, Carnaval, foi adotada em definitivo pelos demais membros que pelo Brasil nasceram.

Pois esta integrante do clã Carnevale, ou melhor Carnaval, é actual campeã brasileira, terceira da América do Sul e 19ª no ranking mundial numa categoria do ciclismo em que vizinhos, como Colôbia e Venezuela, possuem algumas das mais talentosas ciclistas do planeta. Priscilla reúne todas as condições de representar o país nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em Julho, e, um ano mais tarde, no Rio-2016.

Por ser país sede dos Jogos, o Brasil já tem um posto garantido no BMX olímpico. O atleta que obtiver os melhores resultados na temporada, leva a vaga. Será apenas a segunda participação de uma brasileira na modalidade. A pioneira foi Squel Stein, que sofreu uma grave queda na início da prova, em Londres-2012.