Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Brasil factura ouros no Grand Slam russo

14 de Julho, 2014

Brasil factura ouros no Grand Slam russo

No último sábado, Sarah Menezes (-48kg) e Charles Chibana (-66kg) subiram ao lugar mais alto do pódio e garantiram os títulos das suas categorias. O Brasil ainda conquistou outras quatro medalhas,  duas de prata e duas de bronze.

Entre os homens, Chibana brilhou e venceu três das suas quatro lutas por ippon. Na estreia, passou pelo russo Armen Avagyan. Depois, no combate mais difícil, ganhou o espanhol Sugoi Uriarte graças às penalidades aplicadas ao rival. Na meia-final, derrotou o japonês Masaaki Fukuoka, para depois, na final, bater Yuhei Rokugo, também do Japão.

Já Sarah Menezes teve menos dificuldade. Cabeça de série, avançou à segunda ronda sem precisar de subir no tatame. Derrotou a russa Irina Dolgova por um yuko. Nos combates seguintes, vitórias por ippon sobre a italiana Valentina Moscatt e sobre a japonesa Emi Yamagishi, na final, para facturar o seu terceiro ouro no Grand Slam de Tyumen.

As duas medalhas de prata brasileiras saíram entre os homens. Felipe Kitadai (-60kg) ficou com a segunda posição depois de passar pelos checos Pavel Petrikov e Savva Karakizidi e perder na final para o japonês Shinji Kido. Marcelo Contini venceu as suas quatro primeiras lutas, mas perdeu na final para o russo Denis Iartcev por ter recebido um shido a mais.

Na mesma categoria de Contini, Alex Pombo ficou com o bronze depois da vitória sobre o bielo-russo Vadzim Shoka. Erika Miranda conseguiu o mesmo resultado ao bater a espanhola Laura Gomez.