Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Brasil fica com bronze na estafeta

08 de Dezembro, 2014

A equipa brasileira de natação ficou com a medalha de bronze ao cravar 1min29s17

Fotografia: AFP

O Brasil conquistou a sexta medalha no Mundial de Natação em piscina curta, em Doha. Na prova de estafeta 4x50 m livres misto, a equipa formada por César Cielo, João de Lucca, Etiene Medeiros e Larissa Oliveira ficou com a medalha de bronze, ao cravar 1min29s17. A medalha de ouro foi para os Estados Unidos, que com Josh Schneider, Matt Grevers, Madison Kennedy e Abbey Weitzeil quebraram o recorde mundial graças ao tempo de 1min28s57. A Rússia foi prata com 1min29s13.

A Itália acabou na quarta posição, com 1min29s22. "Queria ter nadado um pouco melhor, a minha velocidade ainda está um pouco comprometida, mas o trabalho do grupo foi bom. A Etiene abriu mão da prova individual para disputar a estafeta e a Larissa teve uma excelente final. Mais uma medalha para o Brasil", disse Cielo em entrevista ao canal SporTV.

César Cielo abriu a prova para o Brasil, entregou o testemunho a João de Lucca, na segunda posição. Quando Etiene Medeiros caiu na água, o Brasil estava na vice-liderança da disputa, atrás apenas da forte equipa da Rússia. Larissa Oliveira fechou a estafeta brasileira e caiu uma posição na classificação. Os Estados Unidos, que vinham no terceiro lugar até à última passagem, pularam para a primeira posição graças ao trabalho eficiente de Abbey Weitzeil.

Esta é a sexta medalha conquistada pelo Brasil no Mundial de Doha, a terceira em provas de estafeta. O Brasil levou o ouro no 4x50 m medley masculino e misto, além de ter subido ao lugar mais alto do pódio com Felipe França nos 100 m peito. Nicholas Santos foi prata nos 50 m borboleta e César Cielo acabou com o bronze nos 50 m livres.