Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Bruno Arajo vence prova

Joo Francisco - 20 de Janeiro, 2014

Participaram da prova da Associao Provincial de Ciclismo de Luanda (APCIL) mais de 40 ciclistas em representao da Escola Macovi, Santos Futebol Clube

Fotografia: Jornal dos Desportos

O ciclista Bruno Araújo, de 16 anos, do Benfica de Luanda, venceu ontem a prova de abertura da época ciclista luandense disputada na distância de 80 quilómetros, entre o Km 30, no município de Viana, e o largo adjacente ao hospital municipal de Catete no município de Icolo e Bengo. Bruno Araújo, que beneficiou do apoio de colegas de equipa no pelotão da frente para vencer a prova, cronometrou 1h56m53s.

Nos postos imediatos posicionaram-se Gabriel Cole, Dário António, Mário de Carvalho, Wagner Chiquito, Cruz Tuto e Duarte Ferreira, todos do clube da “águia da capital” que se assenhoraram dos últimos quilómetros da prova.

Muito mais preparados, os ciclistas do Benfica de Luanda começaram a dar nas vistas quando a “lebre”, Duarte Ferreira, por iniciativa própria, encetou uma “fuga prematura” nos primeiros dez quilómetros, fazendo sozinho o trajecto entre Mazozo e a entrada para Cabala. Duarte Ferreira viria a ser absorvido pelo pelotão, que era comandado pelos restantes corredores do Benfica de Luanda. Os colegas fizeram o possível por alcançá-lo para não desestabilizar a estratégia delineada pela equipa técnica liderada por Carlos Araújo.

Participaram da prova da Associação Provincial de Ciclismo de Luanda (APCIL) mais de 40 ciclistas em representação da Escola Macovi, Santos Futebol Clube, Escola David Ricardo, os núcleos do Rangel, Cazenga e Kilamba Kiaxi, bem como os estreantes da equipa “Bike and Chocolate Blok” e corredores individuais.     
JOÃO FRANCISCO


Duarte Ferreira abandona Benfica

A constatação de que Duarte Ferreira assumiu as despesas da corrida sem a colaboração dos colegas foi confirmada no final da prova pelo treinador Carlos Araújo, que decidiu afastá-lo da equipa do Benfica de Luanda. O jovem atleta estava em observação para integrar o conjunto das águias, mas a sua ousadia criou mal-estar no balneário

Carlos Araújo, que reconheceu as qualidades natas de Duarte Ferreira, justificou o “divórcio” com o ciclista por ter sido reincidente no desrespeito pelas orientações técnicas. O treinador revelou que essa atitude começou no estágio da equipa ocorrido no Cuanza Norte, antes do início da época.

Duarte Ferreira divide a prática do ciclismo com o automobilismo e confirmou ao Jornal dos Desportos o seu desinteresse em continuar a representar as cores do Benfica de Luanda por discordar da estratégia adoptada pela equipa, que no seu entender prejudica os seus objectivos. O Jornal dos Desportos apurou que Duarte Ferreira pode representar as cores do Núcleo do Rangel, coordenada por Paulo “Nick” Sérgio, nas provas oficiais do calendário provincial ou nacional.                                                              
JOÃO FRANCISCO