Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

"Bucha" trabalha nos aspectos técnicos

Helder Jeremias - 18 de Agosto, 2016

Yane Oliveira, começa preparativo

Fotografia: Jornal dos Desportos

O piloto do Team Kawashi da Lunda Sul, Yane Oliveira "Busha" desloca-se esta manhã ao circuito internacional Jorge Varela para dar início ao último micro ciclo preparativo com vista ao seu regresso às competições marcado para dia 27 do presente na disputa do Grande Prémio Zé Du, em homenagem ao 74º aniversário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, a ser comemorado dia 28 de Agosto.

Depois de três meses a cumprir repouso para superar a fractura no pulso esquerdo, na sequência de uma queda na primeira manga da segunda jornada do Campeonato Provincial de motocross de Luanda, o piloto do município de Viana voltou a ter os primeiros contactos com a sua motorizada em finais do mês de Julho, altura em que dedicou maior parte do seu tempo em sessões de terapia com alternância (aos fins-de-semana) sessões técnicas.

Constatada a cabal recuperação, os técnicos da equipa representante da Lunada Sul no Provincial de Luanda aferiram as condições para incrementar, de forma paulatina, o doseamento das cargas que deverão ser cumpridas até quatro dias de antecedência do certame que está a criar grande azáfama por parte de todas as equipas envolvidas na melhoria dos atributos técnicos e físicos dos respectivos pilotos.

Reputado entre os pilotos mais novos da categoria dos 250cc, cuja ficha de serviço ressalta a conquista de três títulos consecutivos na categoria dos 150cc, Yane Oliveira "Busha" está conformado quanto a sua impossibilidade de lutar pelos lugares cimeiros na tabela classificativa, na medida em que o tempo corre a "passos largos" para o final da competição, mas tem como pretensão uma presença condigna nas quatro últimas provas.

O director do Team Kawasshi da Lunda Sul, Carlos Moreira, está crente quanto a um regresso em grande estilo da jovem promessa do município satélite, tendo em conta os indicadores que Yane Oliveira deixou durante a sessão de treinos realizada sábado último, o que passa pela recuperação física e técnica.

O também proprietário da Escola de Motocross de Luanda agradece a solidariedade que a equipa, em geral, tem recebido por parte de adeptos e amigos ao longo do tempo que Yane Oliveira "Busha" teve de ficar distante das pistas, tendo garantido empenho da sua "staff" para que todos os meios sejam colocados ao dispor para que os seus adeptos possam testemunhar um regresso à altura do seu potencial.

Ao terminar, Carlos Moreira elogiou o trabalho que a direcção da associação está a levar a cabo no sentido de manter a regularidade das provas e disponibilização de motorizadas no sentido de permitir a inserção de novos jovens na competição, sem esquecer da importância dos agentes desportivos que suportam os pilotos na difícil empreitada.

"A associação está a fazer um trabalho excelente, uma vez que ainda não observamos qualquer paragem do campeonato e ficamos satisfeitos por nos terem garantido para breve a entrega de duas motorizadas com as quais os nossos pilotos Leo Bianchi e Vivctor Moreira "Tati" vão competir na categoria dos 250cc", avançou Carlos Moreira.