Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cabuco conquista provincial da Huíla

GAUD?NCIO HAMELAY | LUBANGO - 21 de Março, 2017

O evento foi disputado na cidade de Lubango, entre os dias 11 e 14 do corrente.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Paulo Cabuco é o novo campeão provincial de xadrez da Huíla, de 2017, do escalão júnior, ao somar 6.5 pontos na tabela geral de classificação. O atleta do Clube Ferroviário da Huíla arredou para os lugares subsequentes do pódio, os colegas de equipa, Osnilques Kaquebo e Osvaldo David, com 6 e 5 pontos. O evento foi disputado na cidade de Lubango, entre os  dias 11 e 14 do corrente.

Mais abaixo da tabela ficaram, Laurindo Tiago, do Benfica Petróleo do Lubango, com 4.5 pontos na quarta posição; Jorge Lunambue, da equipa encarnada, em quinto lugar, com 4 pontos, Paulo Inácio, do Ferroviário da Huíla, ocupou a décima posição sem qualquer ponto.
O evento desportivo foi disputado no sistema suíço a sete jornadas.

JUVENIS
João Estrela conquistou o título de campeão provincial de xadrez de 2017, da categoria juvenil, com 6.5 pontos. O atleta do Ferroviário da Huíla superou a concorrência do colega de equipa, Albano Teixeira, que somou 5.5 pontos.
A prova foi disputada no sistema de todos contra a todos a uma volta. O Ferroviário da Huíla ocupou a competição até o oitavo lugar da tabela geral.

FEMININO
Tatiana Guerra é a mais nova campeão provincial juvenil feminina da Huíla. A atleta da Escola nº 187 somou quatro pontos, na tabela geral de classificação, em sete possíveis. As colegas de equipa, Maria Cassela e Jéssica Fernandes, ocuparam a segunda e a terceira posições, com três e um ponto.

Fora do pódio ficaram, Natália Ndembele e Valdania Assis, ambas do Ferroviário da Huíla, com um ponto cada. Participaram da competição 23 xadrezistas.

Com o fim das provas provinciais, os cinco primeiros classificados de cada escalão estão apurados para os campeonatos nacionais que decorrem de 11 a 18 de Maio, na cidade de Ondjiva, capital da província do Cunene.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente de direcção da Associação Provincial de Xadrez da Huíla, Vicente Silva, reconheceu que a qualidade técnica exibida no evento foi \"fraca\". O dirigente justificou que vários condicionalismos ditaram a análise e a leitura dos jogos. Contudo, está \"satisfeito\" com a prestação dos atletas com experiência em competições nacionais.

Para melhor participação nos campeonatos nacionais, a direcção da Associação Provincial de Xadrez da Huila, vai dar início ao programa de preparação dos atletas apurados. Na primeira fase, os atletas vão avaliar os erros e as falhas cometidas durante as provas provinciais. Na segunda fase, as aberturas e as finais dos jogos vão dominar as sessões de trabalho.