Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Calendário de 2017 confirma GP do Brasil

02 de Dezembro, 2016

Grande Prémio do Brasil continua como a penúltima prova do calendário

Fotografia: AFP

A organização da Fórmula 1 e a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) divulgaram oficialmente, na quarta-feira, o calendário de 2017 da categoria, após reunião do Conselho Mundial do Dsporto a Motor, na Áustria. Depois de indefinições a respeito da continuidade do Grande Prémio do Brasil, a prova aparece na lista oficial.

O calendário oficial confirmou a retirada do GP da Alemanha do próximo ano. Além disso, algumas mudanças foram feitas, como a inversão das provas da Malásia e de Singapura, e o adiantamento do GP da Europa, realizado no Azerbaijão. A prova foi adiantada numa semana para não haver conflito com as 24 Horas de Le Mans.

Assim, o Grande Prémio do Brasil continua como a penúltima prova do calendário, e será realizado no dia 12 de Novembro de 2017. Confira abaixo o calendário oficial de 2017: 26 de Março – Austrália (Melbourne); 9 de Abril – China (Shanghai); 16 de Abril – Bahrein (Bahrein); 30 de Abril – Rússia (Sochi); 14 de Maio – Espanha (Barcelona); 28 de Maio – Mônaco (Monte Carlo); 11 de Junho – Canadá (Montreal); 25 de Junho – Azerbaijão (Baku); 9 de Julho – Áustria (Spielberg); 16 de Julho – Grã-Bretanha (Silverstone); 30 de Julho – Hungria (Budapest); 27 de Agosto – Bélgica (Spa-Francorchamps); 3 de Setembro – Itália (Monza); 17 de Setembro – Singapura (Singapura); 1 de Outubro – Malásia (Sepang); 8 de Outubro – Japão (Suzuka); 22 de Outubro – Estados Unidos (Austin); 29 de Outubro – México (Mexico City); 12 de Novembro – Brasil (São Paulo) e 26 de Novembro – Abu Dhabi (Abu Dhabi)


RALIS
FIA anuncia alterações nas regras do Mundial

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou na quarta-feira alterações nas regras do Mundial de ralis de 2017, nomeadamente a redução para um dia na obrigação do líder do campeonato abrir o percurso em provas de terra. O líder do campeonato, que em 2016 foi sempre o francês Sébastien Ogier, tinha até aqui a responsabilidade de abrir o percurso em dois dias, sexta e sábado, mas, em 2017, isso só acontecerá no primeiro dia.