Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cmara facilita a polcia

09 de Janeiro, 2014

Piloto alemo continua internado e em estado de sade a inspirar muitos cuidados

Fotografia: AFP

A câmara Go-Pro que estava acoplada ao capacete de Michael Schumacher conservou as imagens sobre o acidente que o ex-piloto alemão sofreu em 29 de Dezembro enquanto esquiava nos Alpes franceses sem ser danificada.

De acordo com o jornal Le Dauphine Liberté, a filmagem vai ser incluída nas investigações e vai ajudar as autoridades a entenderem como ocorreu a queda que mantém a vida do heptacampeão mundial de Fórmula 1 em risco há nove dias.

O capacete que Schumacher usava no momento do acidente se partiu em pedaços devido ao impacto com uma pedra. Havia a suspeita de que a câmara que estava presa à protecção também tivesse sido comprometida, mas o aparelho, entregue pela família às autoridades, funcionou correctamente.

Segundo o diário francês, a câmara vai ajudar os investigadores a estimar a velocidade de Schumacher no momento do acidente. Testemunhas disseram que o alemão esquiava a uma velocidade de 20 km por hora no máximo. As autoridades tinham agendada para ontem uma conferência de imprensa para divulgar as informações apuradas nos últimos dias.

Schumacher está internado em coma induzido há nove dias num hospital da cidade de Grenoble, na França. O heptacampeão mundial da Fórmula 1 está em coma induzido com traumatismo craniano grave, após um acidente enquanto esquiava com o filho Mick na estação de Méribel, nos Alpes.

Schumacher perdeu o equilíbrio quando passava por uma pista não sinalizada e com neve virgem (imprópria para a prática do esqui) e bateu com a cabeça contra uma rocha. O ex-piloto alemão passou por duas cirurgias nos três primeiros dias para o dreno de hematomas e redução da pressão intracraniana.

Desde o dia 31 de Dezembro, porém, o staff de Schumacher limita-se a informar que o estado clínico do piloto é “estável, porém crítico”. Na terça-feira, a esposa Corinna fez um apelo e pediu aos jornalistas que estão em Grenoble para pararem de fazer vigília na porta do Centro Hospitalar Universitário e deixarem os médicos e familiares em paz.


FÓRMULA 1
Mercedes anuncia
carro para a época


A Mercedes anunciou terça-feira que a apresentação de seu novo carro para a temporada de 2014, sucede a  28 de Janeiro, no primeiro dia de testes da pré-temporada no  Jerez de La Frontera, em  Espanha.

A confirmação da data não foi feita por nenhum anúncio no site da construtora, mas em uma resposta a um seguidor no Twitter. Ao ser questionada sobre o lançamento, a página oficial da equipa não fez mistérios e  confirmou para o dia 28.

Os tradicionais testes no Jerez devem  realizados até o dia 31. Depois, a segunda sessão de treinos realiza-se  no Circuito de Sakhir, no Bahrein, entre os dias 19 e 22 de Fevereiro. O local, que ganhou a oportunidade de receber os treinos após concorrer com outras cidades, também recebe  o terceiro treino, do dia 27 de Fevereiro até o dia 2 de Março.

Aniversário de
LEWIS Hamilton


O pilito da Mercedes, Lewis Hamilton comemorou terça-feira 29 anos de idade. O campeão do Mundial de Pilotos de 2008 da principal categoria de monopostos do automobilismo completa consolida-se como o principal piloto da Mercedes, ao lado de Nico Rosberg. A equipa alemã foi a vice-campeã do Mundial de Construtores e o piloto britânico ficou em 4º lugar no campeonato vencido por Sebastian Vettel.

NOS JOGOS DE INVERNO
Timor-Leste com
estreia marcada


Timor-Leste vai estar representada pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Inverno, depois de o skiador  Yohan Goutt Gonçalves garantir   presença na prova de slalom de Sochi'2014.

O skiador que tem também nacionalidade francesa, assegurou a qualificação a 29 de Dezembro na Sérvia, para os Jogos que se iniciam no início de Fevereiro naquela localidade russa. “Todos pensavam que era uma brincadeira e na realidade ninguém acreditou em mim”, disse Gonçalves, à ‘Rádio Australia’, ao recordar o momento da qualificação.

Gonçalves mora em França durante a maior parte do ano, mas visita todos os anos Timor. “A minha mãe criou-me com uma forma de pensar timorense, transmitiu-me a herança e o sangue timorense”, disse.