Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Campe africana defende mais competio interna

17 de Março, 2014

Campe africana de juniores Esperana Manassa Caxita sonha ser uma Grande Mestre aps a conquista do ttulo na Arglia

Fotografia: Jornal dos Desportos

A campeã africana júnior de xadrez, Esperança Manassa Caxita, defendeu sábado, em Luanda, o aumento da competição interna para que Angola consiga conquistar o Africano de seniores.A atleta, que falava à Angop por altura da cerimónia do 14º aniversário da escola de mestre Fide João Francisco (EMXJF), disse que a falta de apoio às escolas de xadrez condiciona o desenvolvimento da modalidade.

A primeira medalha de ouro de Angola no Campeonato Africano da modalidade, na classe de júnior feminino, que decorreu de 25 a 31 de Janeiro passado, na cidade argelina de Tiaret, frisou que o seu grande sonho é chegar a grande mestre, e que para isso a aposta nas disciplinas individuais deve ser maior.Esperança Caxita e outros xadrezistas foram  homenageados pela EMXJF pelos seus feitos no xadrez nacional.As comemorações do 14º aniversário da EMXJF contaram com a presença de uma delegação são-tomense, com destaque para o presidente de direcção e o secretário-geral do Desporto daquele país da África lusófona.

Perspectiva
Escola de Mestres projecta
existência em todo o país


O patrono da escola de mestres de xadrez (EMXJF), João Francisco, afirmou sábado à Angop, em Luanda, que o seu projecto é implementar a instituição nas 18 províncias do país.Ao falar durante a cerimónia do 14º aniversário da instituição, fundada no ano de 2000, disse que, para o efeito, conta com a cooperação das associações provinciais da modalidade do Cuanza Sul, de Benguela, da Huíla e do Namibe.

Também vice-presidente da Federação Angolana de Ciclismo (FAC), João Francisco referiu que a escola de Mestres Fide estabeleceu já acordos de cooperação com a Federação da modalidade de São Tomé e Príncipe.As comemorações do 14º aniversário da EMXJF contaram com a presença de uma delegação são-tomense, com destaque para o presidente de direcção e o secretário-geral do desporto daquele país da África lusófona.