Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cantinton pronto para Zeca França

Helder Jeremias - 21 de Julho, 2016

Humberto Jorge nos seus tempos áureos

Fotografia: Jornal dos Desportos

Um ano depois do desaparecimento físico do ex-atirador do 1º de Agosto, Zeca França, surge a merecida homenagem com a realização de um Grande Prémio. Os responsáveis do departamento de tiro do 1º de Agosto trabalharam ontem com os técnicos do Clube da Força Aérea Nacional no campo de tiro do Regimento de Defesa Anti-aérea para aferirem as condições técnicas do fosso olímpico e das áreas de serviço com vista à realização nos dias 30 e 31 da homenagem ao antigo atirador nacional.

Enquadrado nas celebrações alusivas ao 39º aniversário da constituição do clube central das Forças Armadas Angolanas, o 1º de Agosto, a ser assinalado no primeiro dia do próximo mês, a homenagem ao antigo atleta “militar” e da selecção nacional está a causar grande frenesi no seio das diferentes equipas nacionais. Os atiradores estão ávidos de prestigiar o malogrado colega com uma prestação ao mais alto nível nas pranchas do Cantinton.

Pontuável para o Campeonato Nacional de Fosso Olímpico, o Grande Prémio Zeca França estava prevista para o mês de Junho, mas a direcção do 1º de Agosto decidiu juntá-la no leque de actividades alusivas à efeméride do clube militar para conferir mais impacto à prova. A dimensão de Zeca França, enquanto atirador do 1º de Agosto, está marcada nos anais da história do tiro angolano e do clube militar.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o director para o tiro aos pratos do 1º Agosto, Humberto Jorge, mostrou-se satisfeito por constatar a operacionalidade do equipamento do campo de tiro da Força Aérea, assim como a colaboração dos técnicos do empreendimento.Atiradores residentes nas províncias da Huíla, Benguela, Malange, Cuanza Sul, Huambo, Cabinda e Bié  foram notificados pela direcção do clube anfitrião.Até o dia 25 do corrente, devem confirmar as presenças para que a organização possa acautelar os meios logísticos em concordância com o número de participantes.

Nos próximos dias, a direcção do 1º de Agosto, liderada por Humberto Jorge, reúne-se com a Federação Angolana de Tiro aos Pratos. Humberto Jorge e Adelino Chaves, secretário-geral da Federação, passam em revista os pontos concernentes ao regulamento e outros aspectos importantes para que o evento decorra revestido de êxito.O programa de homenagem ao Zeca França já mereceu a aprovação dos familiares. A organização está optimista na desenvoltura de um dos melhores torneios realizados nos últimos tempos no país. Nesse diapasão, Humberto Jorge apela a todos os atiradores inscritos a estarem presentes para participar e fazer jus ao prestígio de Zeca França.