Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cartaz quente coloca Arglia frente Tunsia

Silva Cacuti - 20 de Janeiro, 2018

Fotografia: DR

A jornada de amanhã no 23º campeonato africano sénior masculino de andebol reserva, além do Angola Egipto para o grupo B, outro aliciante encontro, que vai opor as selecções da Argélia à da Tunísia, pontuável para o grupo A.
Tunisinos e argelinos jogam o dérbi do magrebe às 17H00, no palácio dos Desportos de Libreville, o mesmo recinto em que Angola e Egipto jogam, duas horas mais tarde.
A Tunísia (nove títulos continentais) quer corrigir o bronze que obteve no Cairo em 2016. Estão lançados à conquista do campeonato e cumpriram um plano de preparação a preceito, diferentemente da Argélia, segunda equipa com mais vitórias no continente, com sete.
A falta de recursos impediu os argelinos, quarto classificados do Cairo 2016, de efectuarem uma preparação que lhes permitisse encarar com galhardia este campeonato.
A indicação tardia do seleccionador, a desistência de alguns atletas, em pleno estágio são indicadores do estado de prontidão da Argélia. A derrota surpreendente, para os anfitriões, 25-26, na segunda jornada do grupo pode ter sido o primeiro aviso de que a antiga papã africana não está preparada para o retorno aos títulos a que se propõe.Contudo, o favoritismo e teoria não ganham jogos. Tunisinos e argelinos precisam descer ao quadrilátero e com sua rivalidade habitual mostrarem o que valem. A jornada do grupo A vai ser aberta pelo jogo entre camaroneses e congoleses de Brazzaville.
As quatro primeiras equipas de cada grupo vão disputar em sistema cruzado os quartos de final e seguir as eliminatórias até serem encontrados os três representantes de África para o Mundial de 2019, na Alemanha e Dinamarca.                                             S C