Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Casa Branca revela aumento de ameaças de terrorismo

24 de Janeiro, 2014

“Vimos um aumento das ameaças antes dos Jogos Olímpicos, o que supõe um motivo de preocupação. No entanto, não é inusual para um grande evento internacional”, indicou Jay Carney, porta-voz presidencial, na sua conferência de imprensa diária.

Carney reiterou que os Estados Unidos ofereceram ajuda à Rússia em matéria de segurança, mas disse que “obviamente” como país anfitrião são os russos que coordenam a segurança dos jogos, que decorrem de 7 e 23 de Fevereiro.

Na terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin, falaram ao telefone sobre a segurança dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi.

Os Estados Unidos elaboraram um plano de contingência para a retirada da delegação norte-americana presente em Sochi  em caso de emergência, informou na segunda-feira à CNN uma fonte do Pentágono.

Como parte desse plano, vários navios foram deslocados para o Mar Negro e aviões de transporte C-17 estão disponíveis numa base dos Estados Unidos na Alemanha, o que permite estar em Sochi em apenas duas horas.

No entanto, também hoje, o Comité Olímpico Internacional rejeitou qualquer “preocupação terrorista”, depois de várias federações nacionais terem recebido um email suspeito.

A preocupação com ataques terroristas nos Jogos Olímpicos aumentou desde os recentes ataques suicidas em Volvogrado, nos quais morreram 34 pessoas. Num vídeo difundido na segunda-feira, os islamitas do Cáucaso russo ameaçaram cometer atentados terroristas durante os Jogos de Inverno.