Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Catito leva Angola Tunsia

Silva Cacuti - 23 de Novembro, 2019

Nelson Catito (primeiro a contar da direita) substitui Filipe Cruz no comando dos Guerreiros

Fotografia: Vigas da Purificao | Edies Novembro

A Selecção Nacional de andebol , sénior masculina, vai ao 24º Campeonato Africano das Nações, que se disputa de 15 a 26 de Janeiro,  sob a orientação de Nelson Catito. O treinador foi ontem apresentado, em conferência de imprensa,  substitui Filipe Cruz que comandou o conjunto nacional desde 2010 e que aceitou novo desafio na sua carreira.
Em declarações à imprensa, Pedro Godinho destacou o facto de estar a substituir um treinador,  para encerrar um ciclo e de forma inesperada. O Seleccionador Nacional, Nelson Catito, deve apresentar à Federação o seu programa de trabalho e anunciar os seus eleitos para o início dos trabalhos de preparação. Disse que não ficou surpreendido pela indicação e que tem consciência do desafio. Catito está optimista.
"Vamos  fazer o melhor possível. A Selecção Nacional vem de resultados satisfatórios, depois do bronze nos campeonatos africanos, trouxe o ouro dos jogos africanos, temos consciência do grande desafio que estamos a abraçar", disse.
O treinador prometeu não efectuar muitas alterações no grupo, por considerar que existe uma base que foi trabalhada por Filipe Cruz. O novo Seleccionador Nacional é licenciado em Psicologia e bacharel em Educação Física. Actualmente,  está ligado ao 1º de Agosto, clube em que orienta a equipa "B", sénior feminina.
 Campeão africano pelo clube central das Forças Armadas Angolanas, Catito faz um regresso à selecção, depois da última passagem, em 2008, como adjunto de Beto Ferreira, quando Angola obteve o quarto lugar  no CAN que se realizou no país.
A Selecção Nacional vai ao CAN da Tunísia com o objectivo de melhorar o 3º lugar. Os "Guerreiros", designação da selecção, vão jogar a primeira fase da prova,  inseridos no grupo B, conjuntamente, com as equipas da Nigéria, Gabão e Líbia.
As equipas estão agrupadas em quatro, com quatro equipas cada. A Tunísia, detentora do troféu, vai jogar no grupo C, que integra os Camarões, Costa do Marfim e Cabo Verde. No grupo D, vão jogar  o Marrocos, Argélia, Zâmbia e República do Congo. O Egipto, República Democrática do Congo, Guiné e Quénia jogam no grupo A.

TORNEIO SAÚDA
 INDEPENDÊNCIA

 A inscrição, das equipas do Petro de Luanda e do Maculusso, é a grande novidade com a  designação Torneio da Independência, em andebol de praia, que se disputa amanhã, na arena da empresa cervejeira, Cuca, à ilha do Cabo. O torneio está inserido nos festejos do 44º aniversário da Independência Nacional, assinalado a 11 do corrente.
As duas equipas jogam, pela primeira vez, num evento de andebol de praia e segundo a organização, vão actuar com atletas federadas.
"realmente temos a inscrição de equipas seniores, do Petro de Luanda e do Maculusso, que têm atletas de equipas federadas. É uma forma de aproveitar o defeso", disse Simão Filho, presidente da Associação Provincial de Andebol de Luanda que organiza a prova,  em parceria com a empresa cervejeira.Outras equipas femininas inscritas são as da Cuca "A" e "B".
 Em masculino jogam na prova as formações da Cuca, Núcleo MM e Misto de Luanda.
A prova masculina disputa-se no sistema de todos contra todos à uma mão, enquanto as senhoras jogam a eliminatória directa da meia-final e final.