Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Caxita conserva o título

09 de Dezembro, 2014

Angolana vence compatriota na penúltima jornada do

Fotografia: Jornal dos Desportos

Ao derrotar ontem, em Saurimo (Lunda Sul), na oitava e penúltima jornada, a sua compatriota Joana Delfina, a angolana Esperança Caxita conservou o título africano de Xadrez em juniores femininos. Caxita, que detém o elo de 1.754, da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), movimentando as peças brancas no tabuleiro número 1, não teve dificuldades para levar de vencida a sua adversária, com a pontuação de 1.468 pontos.

Maria Domingos, uma das sete jogadoras angolanas presentes na prova, superou Domingas Tavares (Angola) e obteve o título de Mestre Internacional, mas tem de aguardar pela homologação da FIDE, já que esta distinção, segundo o regulamento, é atribuída aos campeões continentais.
Classificação até quinto lugar: 1º- Esperança Caxita (Ang),  7,5 pontos; 2º - Maria Domingos  (Ang),  6,5 ; 3º-Luzia Pires (Ang), 5; 4º-Dyhia Afgoun (Arg), 5; 5-Neusa de Castro (Moç), 4,5.

Em masculinos, o angolano David Silva também sagrou-se campeão africano de juniores mercê do triunfo sobre o santomense Célsio Gil, na oitava e penúltima jornada da prova que encerra hoje na cidade de Saurimo. Para além de David Silva, dois outros angolanos constam da tabela classificativa até a sexta posição, nomeadamente Cristiano Aguiar (terceiro) e Edivaldo gama (sexto).
              
Governadora
destaca realização


O campeonato africano de juniores de Xadrez em ambos os sexos, que decorre de 1 a 10 deste mês, na cidade de Saurimo, foi considerado uma das principais realizações de 2014 na província da Lunda Sul. Estas palavras foram expressas hoje, nesta cidade, pela governadora Cândida Narciso, durante uma visita de cortesia que efectuou ao Instituto Politécnico, local que alberga a competição continental jovem do desporto ciência.

Em declarações à imprensa, a governante, que se fez acompanhar de membros do Governo Provincial, indicou que com a realização desta importante prova, a província começa a marcar os seus passos no contexto desportivo. Cândida Narciso considerou de positivo o nível de organização, tendo avançado que aguarda por uma competição que construa mais mestres internacionais.

“Vamos trabalhar em colaboração com a Direcção Provincial da Educação para formação de novos valores e consequentemente a massificação do desporto nas escolas, oportunidade que serve para o resgate dos valores morais e cívicos”, realçou. “Este é um objectivo planificado pelo Governo Provincial, que  2014 era o ano do desporto na Lunda Sul, reforçado com a construção de infra-estruturas desportivas que permitiram a realização dos jogos escolares e o Campeonato Africano de Juniores de Xadrez”, rematou.