Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Chamoleia evidencia acensão

28 de Março, 2016

Substituto de Sayovo nas provas de velocidade está a ser forjado na província do Huambo

Fotografia: José Cola

José Chamoleia confirmou a ascensão na especialidade de velocidade para deficientes invisuais, classe T11, ao superar a concorrência no meeting nacional, que se disputou neste fim de semana, no Estádio dos Coqueiros, em Luanda. O velocista da província do Huambo, de 18 anos de idade, conquistou a medalha de ouro nos 100 metros com o tempo de 11s12. Joaquim Manuel, com 12s08, e Octávio dos Santos, com 12s43, ambos de Luanda, quedaram-se na segunda e terceira posição.

Nos 200 metros, José Chamoleia voltou a arrebatar a medalha de ouro com o tempo de 24s33.  Octávio dos Santos, com 24s60, e Joaquim Manuel, com 24s84, voltaram a ocupar a segunda e terceira posição.Nos 400 metros, José Chamoleia não deu hipóteses outra vez a concorrência. Na presença de José Armando Sayovo, actual conselheiro da selecção nacional e antigo velocista, o atleta do Huambo venceu a prova com 55s50. Octávio dos Santos contentou-se com o segundo lugar ao cronometrar 56s94 e Afonso Camuco foi o terceiro com 58s23.

Na classe T46 masculina, Alberto José, da província de Malanje, venceu a prova de 200 metros com o tempo de 29s15, seguido de Silvestre Ngula, da Huíla, com 30s08, e de Jesus Mateus, do Bengo, com 32s00.Na prova de 400 metros, Alberto Lussasse, da província do Bié, venceu com o tempo de 55s57, seguido de Silvestre Ngula, com 53s75, e de Alberto José, com 55s39.

FEMININO
Esperança Gicaso e Befília Buio repartiram a hegemonia na classe T11 e T12, disciplinas em que Angola é mais forte no atletismo adaptado. A primeira venceu nos 100 metros com o tempo de 13s39. Rodé Francisco, da província do Huambo, foi segunda classificada com o tempo de 15s08, seguida por Regina Dumbo, também do Huambo, com 16s97.

Esperança Gicaso voltou a ganhar a medalha de ouro nos 200 metros com o tempo de 27s55. Rodé Francisco contentou-se outra vez com o segundo lugar ao cronometrar 31s15. Regina Dumbo, foi a terceira com 32s00.Para equilibrar a competição, Befília Buio venceu finalmente nos 400 metros com o tempo de 1min4s46. Regina Duarte, da província do Huambo, foi a segunda com 1min04s49, seguida por Severina Salussinga, também do Huambo), com 1min14s45.

Nos 1500 metros, o triunfo coube a Befília Buio, da província do Bié, com o tempo de 5min16s67. Emeloide Fernanda, da província do Namibe, foi a segunda com 5min37s41, seguida da Anita Ngueve, do Huambo, com 6min19s83.   A competição contou com a participação de 34 atletas das 18 províncias e serviu de barómetro para a participação de Angola no meeting do Brasil em Abril próximo, na antecâmara aos Jogos Paralímpicos de Setembro, no Rio de Janeiro.Foram disputadas competições nas especialidades de 100m, 200m, 400m, 800m e 1500m nas classes T11 e T12 (invisuais e invisuais parciais) e T46 (deficientes de um dos membros superior).