Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

“Champions League” das menos equilibradas

12 de Abril, 2017

A diferença entre equipas mais fortes e mais fracas, geralmente vê-se nos jogos, e a Liga dos Campeões não é excepção. Um novo estudo do Observatório de Futebol do Centro Internacional de Estudos do Desporto (CIES), revelou que a prova milionária é a terceira competição com maior diferença entre as equipas, numa análise de 31 das principais ligas europeias e das competições europeias.

O estudo revela, que desde a fase de grupos até este momento, mais de um quinto das partidas terminaram com uma diferença de três golos ou mais, entre as duas equipas, que resulta numa percentagem de encontros desequilibrados de 21 por cento. A maior competição europeia de clubes fica atrás apenas da Liga do Chipre (22,5 por cento) e da Liga da Áustria (21,5 por cento).

A prova europeia secundária, a Liga Europa, surge na 26ª posição, apenas com uma percentagem de 13,5 por cento. Nas cinco principais ligas europeias, a Liga Francesa surge como a liga mais desequilibrada na sétima posição, com 17,9 por cento, seguindo-se a Liga Inglesa no nono lugar, com 17,7 por cento; a Liga Espanhola no 10º lugar, com 17,6 por cento; a Liga Italiana na 12ª posição, com 17,3 por cento e a Liga Alemã na 16ª posição, com 16,7 por cento.

A Liga Portuguesa surge neste estudo, numa das posições mais baixas da tabela. A Primeira Liga encontra-se na 30ª posição, com uma percentagem de 11,9 por cento.