Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Chefe da Red Bull assegura continuidade

30 de Junho, 2015

Red Bull sabe, que a equipa tem muito trabalho

Fotografia: AFP

A possibilidade de saída da F1, parece ser coisa do passado, na Red Bull. Depois do dono da equipa, Dietrich Mateschitz, ter ameaçado deixar a categoria por causa do fraco desempenho do motor Renault, o chefe da formação austríaca, Christian Horner, afirmou que a intenção é de continuar a competir.

“A nossa vontade é continuar aqui, para tentarmos resolver os nossos problemas de competitividade. Dietrich Mateschitz fez uns comentários durante o fim de semana e contou como estava a sentir-se.

Ele está frustrado com a equipa e com o show”, falou chefe da equipa austríaca.
"Ele é um fã e além disso, colocou muito dinheiro neste desporto, nos últimos anos. A expectativa é que a categoria volte aos seus tempos de glória, que tenha o mesmo apelo e atracção que a F1 já teve no passado”, acrescentou Horner.

O chefe da Red Bull sabe, que a equipa tem muito trabalho pela frente, para melhorar a competitividade. “Precisamos de mudar algumas coisas para chegarmos a um patamar acima do que estamos. O momento é duro, mas esperamos conseguir dar a volta por cima”, observou.

Durante o GP da Áustria, boatos diziam que Horner podia deixar o comando da Red Bull, para dar lugar ao ex-piloto Gerhard Berger, mas o chefe da equipa negou os rumores. “Há sempre esse tipo de boato na F1 e isso não passa de uma tolice. Estou comprometido com a Red Bull e adoro o que faço”, finalizou.