Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Chuva de recordes enaltece o Pas na Natao

Rosa Panzo - 15 de Fevereiro, 2020

Disputa pela vaga para os Jogos Olmpicos atia nadadores angolanos

Fotografia: DR

O nadador angolano Salvador Gordo bateu dois novos recordes nacionais da categoria júnior nas distâncias de 100 e 200 metros mariposa no meeting Golden Tours of Nice, disputados nos dias 8 e 9 do corrente. O atleta do 1º de Agosto evolui num dos Centros de Alto Rendimento de Inglaterra e melhorou as marcas pessoais com os tempos de 57s e 2min10s99. As marcas anteriores já lhe pertenciam.

Com o mesmo propósito, Lia Lima também bateu novos recordes nacionais seniores nos 50 e 100 metros mariposa no Arena Lisbon International Meeting. No evento que contou com participações de nadadores de Portugal, Angola, Inglaterra, Espanha, Irlanda e Luxemburgo, num total de 641, a angolana melhorou a marca pessoal e nacional com a marca de 29s16, um recorde nacional, e 1min02s30, um recorde nacional absoluto, que lhe valeu o segundo lugar da prova. Antes, estabeleceu a marca de 1min03s18 nas eliminatórias.

Na final da prova dos 200m mariposa, Lia Lima superou o próprio recorde nacional com a marca de 2min19s59, um recorde nacional sénior e absoluto. A nadadora tirou dois segundos à sua anterior marca de 2min21s51.Na final dos 200m estilos, Lia Lima bateu o recorde nacional sénior e absoluto com 2min29s36 e superou o máximo que pertencia a Catarina Sousa de 2min29s91.

Na eliminatória do 200m costas, Lia Lima bateu o recorde nacional sénior com 2min32s43. O anterior pertencia à Ana Nobrega com 2min41s90 de 2014.
Daniel Francisco garantiu a final \'A\' nos 50m mariposa com o tempo de 25s52 e a final \'B\' nos 100m mariposa com o tempo de 57s84. Também estabeleceu o tempo de 25s41 nos 50m livres e nos 100m livres fez o tempo de 55s41.
Filipe Freitas, que se estreou no Opens, nadou os 200m bruços com o tempo de 2min43s57 e nos 200m estilos fez o tempo de 2min28s46.Os atletas Daniel Francisco, Salvador Gordo, Lia Lima e Catarina Sousa estão a concorrer para a vaga pela Universalidade (convite) para participarem dos Jogos Olímpicos de Tóquio\'2020.

Seminário 
Angola participa no \"Aprender a Nadar\"
Angola participa desde ontem, em Johannesburgo, no seminário promovido pela Confederação Africana de Natação (CANA) para o lançamento do projecto \"Aprender a Nadar\" que tem como objectivo dotar as Federações Africanas de estratégias para reduzir os afogamentos no continente e apoiar as Federações na massificação da modalidade. 

A finalidade do seminário é incentivar o aumento da prática da natação e de outros desportos aquáticos.No evento que encerra amanhã, Kimbo Kiambata, ex-nadador nacional, representa a Federação Angolana de Natação. O jovem é um dos grandes impulsionadores da prática da modalidade no país.

O seminário conta com a presença de 19 membros. Salta à vista a presença do presidente da CANA, Mrs Sam Ramsamy, e o presidente da Federação anfitriã, a sul-africana, Mrs Alan Fritz.
A Federação Internacional de Natação (FINA) lançou em Maio de 2017 o programa “Natação para todos” com o objectivo de massificação no mundo inteiro. No âmbito do programa, a Confederação Africana de Natação (CANA) faz o lançamento “Aprender a nadar\".

RECANDIDATURA
Mário Fernandes anunciou a recandidatura à liderança da Federação Angolana de Natação para o quadriénio 2020/2024. O anúncio foi revelado à imprensa na abertura do época desportiva 2019/2020 que decorreu na piscina do Alvalade.