Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ciclismo oferece natal s famlias

Gaudncio Hamelay - Lubango - 21 de Dezembro, 2015

Sabemos que o desporto faz bem a sade e pode trazer mais mulheres a praticar qualquer modalidade, realou.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A prática do ciclismo nos jovens e adultos incentivou sábado um grupo considerável de praticantes e amigos da modalidade a percorrer algumas artérias da cidade do Lubango, província da Huíla. A actividade serviu para angariar fundos para proporcionar um natal diferente às famílias desfavorecidas.

A actividade contou com a participação de mais de 50 pessoas, entre jovens e adultos em ambos sexos, e teve a partida e chegada defronte ao Governo Provincial da Huíla. Rui Castilho, membro da organização do evento, explicou ao Jornal dos Desportos que o objectivo principal era angariar fundos para doar a algumas instituições que albergam pessoas idosas e crianças carenciadas para permitir a passagem de um natal condigno.

Por outro lado, o evento foi aproveitado para promover a prática desportiva do ciclismo, que ultimamente, é vista com alguma timidez na província da Huíla. Flávio Gomes, um dos participantes da passeata que percorreu cerca de 15 quilómetros, considerou a iniciativa "louvável" por ter partido de um grupo de amigos que se uniram por uma causa solidária. 

"Essa actividade visou principalmente incentivar manter os bons níveis de saúde e também angariar alguns fundos e bens para doar às crianças desfavorecidas. Sendo assim, vamos tentar proporcionar um natal diferente este ano a essas crianças”, frisou. Rosa Carvalho, outra participante, ressaltou ser uma excelente iniciativa tomada para ajudar os mais desfavorecidos numa altura em que o mundo festa a quadra festiva.

“Como praticante do ciclismo, não queríamos deixar os nossos irmãos desfavorecidos passar sem qualquer coisa. Por isso, gostaria que continuássemos a fazer este tipo de actividades, não só no natal, mas ao longo do ano para incentivar a todos. Sabemos que o desporto faz bem a saúde e pode trazer mais mulheres a praticar qualquer modalidade”, realçou.
GAUDÊNCIO HAMELAY, NO LUBANGO