Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

"Cinco" feminino está atrasado

Silva Cacuti - 25 de Julho, 2015

António da Luz, coordenador da comissão preparatória da participação angolana ao evento multidisciplinar.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Dez das 11 modalidades, que vão representar Angola na 11ª edição dos Jogos Africanos de Brazzaville, estão a cumprir os planos de preparação, de acordo com António da Luz, coordenador da comissão preparatória da participação angolana ao evento multidisciplinar.

“Felizmente, temos quase todas as selecções nacionais a trabalhar. O basquetebol feminino é a única que não está a trabalhar e desconhecemos as razões. Acompanhamos o andebol, que cumpre um trabalho específico, tanto em masculino como em feminino”, disse.

A delegação angolana aos jogos integra o atletismo, andebol, basquetebol, natação, voleibol de praia, karaté-dó, judo, atletismo adaptado (todas nas duas classes), esgrima, halterofilismo paralímpico e boxe, apenas em masculino. 

A comissão preparatória excluiu o ténis. O xadrez e a canoagem vão estar ausentes por decisão do Comité Organizador (COJA). Os jogos de Brazzaville vão marcar as comemorações dos 50 anos de existência desta competição continental, depois da primeira edição, ocorrida justamente naquele país, em 1965.