Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cinco nacional regressa ao país

Melo Clemente - 02 de Abril, 2017

Delegação angolana foi recebida no Aeroporto Internacional pelos membros de direcção da FAB

Fotografia: José Soares

A Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculino regressou ontem, sábado, a capital do país, Luanda, depois de ter participado no torneio de apuramento à fase final da 29ª edição do Campeonato Africano das Nações, vulgo Afrobasket, competição a decorrer de 19 a 31 de Agosto do ano em curso, no Congo Brazzaville.

Sob comando da dupla técnica Manuel Silva \"Gi\" e Miguel Pontes Lutonda, os actuais vice-campeões africanos chegaram, viram e venceram o torneio de apuramento da Zâmbia, prova que decorreu de 25 a 30 de Março último.

Com as desistências das Ilhas Seychelles e Botswana, o torneio de Lusaka, capital zambiana, ficou reduzida a três selecções, nomeadamente, Zâmbia, como país organizador, África dos Sul e Angola, respectivamente. Tal como lhe competia, o combinado nacional não concedeu qualquer facilidade aos seus adversários, que foram completamente vulgarizados, tendo assegurado o passe de acesso à fase final da 29ª edição do Campeonato Africano das Nações do Congo Brazzaville.

O torneio de apuramento à fase final do Afrobasket de 2017 foi disputado no sistema de todos contra todos a duas voltas.

Onze vezes campeã africana, sendo por isso, a nação mais titulada do continente africano e do mundo, a Selecção Nacional conseguiu quatro vitórias, em igual número de partidas, somando por isso, oitos pontos, na primeira posição, e, consequentemente, o apuramento aos Campeonato Africano das Nações do Congo Brazzaville.

Os angolanos começaram por vergar os sul-africanos, na segunda jornada da primeira volta da referida competição, por expressivos 87-51, tendo encerrado o primeiro turno, com um triunfo sobre a similar da Zâmbia, por 79-54, num jogo bastante atípico, já que os zambianos transformaram a quadra de jogo num autentico ringue.

Com os níveis de confiança em alta e sob liderança de Olímpio Cipriano, Armando Costa, Eduardo Mingas, Milton Barros, Leonel Paulo, Felizardo Ambrósio \"Miller\", Reggie Moore, Islando Manuel, Gerson Gonçalves e Hermenegildo Santos, os hendecacampeões que têm a missão de reconquistar o ceptro africano, perdido à favor da Nigéria, em 2015, na Tunísia, começaram por cilindrar os sul-africano no segundo turno da competição, por 91-57, encerrando a competição com uma soberba vitória, diante da formação caseira, por  83-45.

Angola alcançou a sua oitava vitória diante da África do Sul. Angolanos e sul-africanos bateram-se pela primeira vez no dia 29 de Julho de 1999, tendo o cinco nacional vencido, por expressivos 85-25. Em 2001, a Selecção Nacional voltou a aplicar uma cabazada a sua similar da África do Sul, vencendo-o por 76-40. Em 2005, os angolanos aplicaram a primeira chapa cem aos sul-africanos (107-42), e, para não variar, o cinco nacional repetiu a proeza em 2015 (122-65), isto no dia 24 de Fevereiro de 2015 e, no dia 25 do mesmo mês e ano, Angola venceu, por 87-70, naquele que foi o resultado menos expressivos, apenas 17 pontos de diferença.

Para a segunda jornada do torneio de apuramento ao Campeonato Africano das Nações do Congo Brazzaville, a Selecção Nacional voltou a cilindrar a similar da África do Sul, por 87-51.  \", na quarta, os angolanos bateram os sul-africanos, por 91-57.

Angola fez-se presente ma prova com as suas melhores unidades da actualidade. Eis as selecções apuradas para o Afrobasket 2017: Nigéria, actual campeã africana, Congo Brazzaville, como país organizador, ANGOLA, Mali, Senegal, Costa do Marfim, Marrocos, Tunísia, República Democrática do Congo, Moçambique, Uganda e Egipto, respectivamente.


Taça de Angola
Aviadores completam quadro dos quartos


A formação do Atlético Sport Aviação (ASA) completou sexta-feira última, o quatro de equipas que a partir de terça-feira, começam a disputar o passe de acesso às meias-finais da Taça de Angola de basquetebol em seniores masculino.

Depois de ter superado na primeira mão dos oitavos-de-final da Taça de Angola, a formação do Futebol Clube Vila Clotilde, por expressivos 106-56, sexta-feira, os pupilos de Carlos António Dinis voltaram o Vila, desta, por 78-64, se apurando deste modo, para os quartos-de-final da aludida competição, onde já se encontram as formações do 1º de Agosto, Atlético Petróleos de Luanda, Grupo Desportivo Interclube, Clube Desportivo Marinha de Guerra, Recreativo do Libolo, Progresso Associação do Sambizanga e Clube Universidade Lusíada, respectivamente.

Assim, a turma aviadora vai defrontar nos quartos-de-final a similar do Clube Universidade Lusíada, num prélio onde os aviadores se apresentam com um ligeiro favoritismo.

Por seu turno, a formação do Recreativo do Libolo, actual vencedor da Taça de Angola, vai medir forças nos quartos-de-final da segunda maior competição a nível da \"bola ao cesto\", com a modesta equipa do Progresso Associação do Sambizanga, conjunto que atravessa uma melhor forma desportiva, a par dos libolenses que na presente época desportiva nacional ainda não perderam qualquer partida.

Já o Clube Central das Forças Armadas Angolanas terá pela frente o Clube Desportivo Marinha de Guerra.

Os quartos-de-final da Taça de Angola vai aquecer com Atlético Petróleos de Luanda-Grupo Desportivo Interclube.
                                                   

NBA
Warriors viram
no último quarto


Na noite desta sexta-feira, o Golden State Warriors conquistou mais uma vitória na temporada 2016/2017 da NBA. Em casa, a equipa superou o Houston Rockets por 107-98. No primeiro tempo, o Houston foi melhor. Mesmo jogando longe de seus domínios, a equipa do Texas era eficiente no ataque e conseguiu dominar o Golden State. Porém, no estouro do cronómetro do segundo quarto, Iguodala acertou uma cesta de três pontos e diminuiu a desvantagem para apenas cinco pontos, incendiando a Oracle Arena. Os Warriors voltaram melhores do intervalo, e logo tomaram o controlo da partida. Apesar de um terceiro quarto equilibrado, os Rockets não conseguiram manter a intensidade no último quarto e marcaram apenas 13 pontos, em comparação aos 24 dos donos da casa, que viraram o placar e encaminharam a vitória. O cestinha da partida foi o astro dos Warriors, Stephen Curry, com 24 pontos. Além dele, Klay Thompson anotou 20. Pelo lado dos Rockets, a estrela da equipa, James Harden, não estava em noite muito inspirada, mas fechou com um duplo-duplo: 17 pontos e 12 ressaltos. Melhor campanha de toda a NBA, os Warriors seguem na liderança da Conferência Oeste, com 62 vitórias e 14 derrotas, enquanto os Rockets estão em terceiro, com 51 triunfos e 25 derrotas.