Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Clube de Ténis de Luanda aposta no sector feminino

Hélder Jeremias - 24 de Março, 2014

Jarkko Nieminen, número 40 mundial, bateu Bernard Tomic, número 74, por 6-0 e 6-1, no Masters 1000 Miami e entrou para a História.

Fotografia: Jornal dos Desportos

 O Clube de Ténis de Luanda conta com 15 novas atletas com idades compreendidas entre os 12 e 17 anos de idade, no âmbito do programa de relançamento do sexo feminino para o quadriénio 2014/2018, de acordo com o técnico Michel Sebastião.O técnico, que falava no âmbito da preparação das condições para a realização do torneio da Juventude, a ter início a 14 de Abril  nos courts daquela instituição, deixou transparecer a  alegria por considerar a presença de novas atletas como «garantia para o rejuvenescimento da classe» que nos últimos tempos sofreu um grande êxodo, em consequência dos problemas a que a modalidade esteve sujeita nos últimos cinco anos.

Michel Sebastião foi um dos atletas nacionais de destaque, promete dar o seu maior contributo para que as novas atletas possam enveredar por uma carreira desportiva de sucesso, pelo que conta com a sempre boa atenção da direcção do Clube de Ténis de Luanda, dirigida por Adolfo Razólio, em prol da concretização de tal objectivo.No dizer do técnico, a entrega das 15 atletas permite perspectivar boa prestação nos Jogos da CPLP, que o nosso país vai acolher em Dezembro, por isso apela aos encarregados de educação de cada uma delas a dar todo o apoio para que possam viver a sua primeira experiência competitiva da melhor maneira, como pressuposto para ambições futuras.«Foi muito agradável termos recebido a inscrição destas atletas, numa altura em que o género feminino estava em grande défice, devido à conjuntura da modalidade nos últimos tempos. Por este motivo, vamos dedicar especial atenção para fazermos delas boas atletas, de quem nos possamos orgulhar», frisou Michel Sebastião.

Vitória mais rápida

Jarkko Nieminen, número 40 mundial, bateu Bernard Tomic, número 74, por 6-0 e 6-1, no Masters 1000 Miami e entrou para a História. Esta foi a vitória mais rápida de sempre no circuito. O duelo durou apenas 28 minutos e 20 segundos, bateu em 40 segundos o anterior recorde, que pertencia a Rudeski, que venceu Arriens com um duplo 6-0, em 1996. No final, Nieminen não conseguia disfarçar a satisfação.