Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Clube de Trump reembolsa atletas

03 de Fevereiro, 2017

Um tribunal federal da Flórida condenou na última quarta-feira um clube de golfe do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a reembolsar em seis milhões de dólares (cerca de 5,5 milhões de euros) aos antigos membros.

O grupo de 65 ex-membros do Trump National Jupiter Golf Club quis deixar de ser associado depois de Donald Trump ter adquirido a propriedade ao grupo Ritz-Carlton, em 2012.

As regras do clube permitiam que os antigos membros continuassem a jogar no campo até serem encontrados novos associados. No entanto, a nova gerência alterou os regulamentos, barrou-lhes a entrada e recusou reembolsá-los da verba que pagavam mensalmente, 18 mil dólares (cerca de 16.700 euros).

O juiz do distrito de West Palm Beach, Kenneth Marra, ordenou o clube ao reembolso de 4,8 milhões de dólares (cerca de 4,4 milhões de euros), mais 925 mil dólares (860 mil euros) em juros.

"Como não foram reembolsados os depósitos dos membros, foi cometida uma violação do contrato de adesão, causando aos queixosos danos reflectidos pelos montantes dos seus depósitos reembolsáveis e na acumulação de juros", avaliou o juiz.