Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Clube Português perde parcela

21 de Outubro, 2014

Clube Português perde parcela

Fotografia: Jornal dos Desportos

O contrato de concessão de uma parcela de terreno no Parque Florestal de Monsanto, celebrado entre a Câmara Municipal de Lisboa e o Clube Português de Tiro a Chumbo, há mais de 50 anos, vai ser denunciado nos próximos dias.

O contrato foi assinado por ambas as partes em 1962 e permitia ao clube exercer as suas actividades numa parcela de terreno com 60 mil metros quadrados de terreno, mais tarde alterada para 134.200 metros quadrados. A concessão foi atribuída por um período de 15 anos e renovável por períodos de dez anos.

No texto da proposta de denúncia do contrato, que vai ser apresentado amanhã na reunião do executivo da Câmara de Lisboa, o clube de tiro ficava obrigado ao pagamento de uma taxa de ocupação no valor 2.013 euros, actualizável todos os anos, a 10 por cento do valor recebido por utilização e exploração não desportiva (tais como buffets, publicidade, parque de estacionamento, etc.) e pela replantação das árvores abatidas pelas ocupações, segundo a Lusa.

A autarquia alega que o clube não cumpre, desde Março de 2013, o pagamento mensal, tendo já uma dívida de 23.401,20 euros. A Câmara Municipal de Lisboa sente-se, assim, no direito de denunciar o contrato de concessão