Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

COA apresenta novos gestores

Silva Cacuti - 03 de Dezembro, 2018

Aco formativa contou com a participao de quarenta pessoas

Fotografia: Jos Cola | Edies Novembro

O Comité Olímpico Angolano (COA), através da Academia Olímpica, está perto de atingir a cifra de  1000 dirigentes desportivos, segundo anunciou Gustavo da Conceição, presidente da instituição.
O dirigente falava no encerramento de mais uma acção formativa para gestores desportivos promovida pela Academia Olímpica Angolana, em parceria com a Solidariedade Olímpica.
Gustavo da Conceição apelou aos formados a \"darem o melhor, pondo em prática os conteúdos do aprendizado, a fim de mudar o quadro do dirigismo desportivo angolano. Não guardem os conhecimentos adquiridos, trabalhem\".
De acordo com Sara Tavares, da Academia Olímpica, só este ano foram formados 107 dirigentes em três acções formativas do género. O objectivo destes cursos, observou, \" é oferecer a possibilidade de formar ou expandir o conhecimento técnico daqueles que trabalham como dirigentes desportivos; bem como membros de organizações desportivas que desempenham papéis na área de gestão desportiva\".
Na acção formativa encerrada no sábado participaram 40 novos dirigentes. Francisca Xavier, uma das recém-formadas, manifestou, não só a satisfação por ter participado da formação, mas também o desejo de contribuir para a melhoria do quadro do dirigismo desportivo, fazendo uso das melhores ferramentas disponibilizadas pelo Comité Olímpico Internacional.
Este foi o terceiro e último curso do plano curricular para o ano que termina. Sara Tavares refere que as inscrições para as próximas acções formativas estão abertas e que em função delas, podem ser realizadas igualmente três, ou mais acções de formação no ano que vem.
A Academia Olímpica Angolana foi fundada a 10 de Julho de 1997 com objectivo principal de responder à necessidade do ensino do olimpismo no país.

Reiterada aposta
contínua na formação


A aposta contínua na formação de gestores desportivos em todo o território nacional será sempre a meta do Comité Olímpico Angolano (COA), segundo o seu presidente Gustavo da Conceição.
Gustavo da Conceição falava durante o encerramento do  curso de administração desportiva de nível I, tendo realçado que mais um passo foi dado em prol do conhecimento na gestão desportiva.
Para si, com o final de mais uma acção formativa, todas as partes envolvidas passam a ter outra responsabilidade e devem  transmitir e aplicar todos os conhecimentos absorvidos no sentido de tornar o desporto nacional cada vez mais robusto não apenas na quantidade, mas também na qualidade.
“ Até a presente data o COA já formou aproximadamente de mil dirigentes desportivos e vamos continuar a trabalhar em vários eixos, porque é nosso objectivo expandir geograficamente estas acções formativas” referiu.
A cada problema vividos nas vossas agremiações desportivas procurem encontrar as soluções nos manuais a vossa disposição ou contactem os vossos professores do curso” referiu.
O responsável máximo do COA, apelou aos formandos a darem sequência em acções e espera que regressem para concluir o II nível do referido curso.
Com a  duração de seis semanas, o evento contou com a participação de mais de quarenta formandos, dos quais doze mulheres.
Entre os formandos destaque para antiga capitã da Selecção Nacional sénior feminina de andebol, Palmira Barbosa, Locô, antigo defesa central da Selecção de Futebol, dirigentes federativos, responsáveis de clubes e associações provinciais e professores de educação física, jornalistas e comentadores desportivos.
Durante seis finais de semana no anfiteatro do Comité Paralímpico Angolano(CPA), foram ministradas várias aulas teóricas e práticas com temas versados para o desporto, nomeadamente, “ a  gestão e planeamento desportivo”, “mulher e o desporto”, “os ideais olímpicos”, “a preparação de uma viagem desportiva”, bem como “o jornalismo e o desporto”.