Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

COA e Minjud na sede do MPLA

Joo Francisco - 15 de Outubro, 2018

Fotografia: Edies Novembro

As federações nacionais desportivas, encabeçadas pelo Ministério da Juventude e Desportos, e o Comité Olímpico angolano (COA) iniciam hoje, na sede do Partido MPLA, os trabalhos do reforço sobre as conclusões e as recomendações do diagnóstico do sector dos Desportos, efectuado à margem da 17ª reunião ordinária, realizada a 21 de Setembro de 2018, pelo Departamento para a politica social do comité central do MPLA.
É um contributo que se impõe para completar o \"documento\" apresentado pelo  secretariado do Bureau Político do MPLA para a politica social, na sequência da reunião de  sexta-feira (12.10) com todas as Federações Desportivas Nacionais, no Futugo II. No evento, os agentes desportivos detectaram algumas \"lacunas\".
E como contribuições para reforçar os aspectos aflorados no \"diagnóstico do sector dos Desportos\", a representar com carácter \"urgente\" até o final do mês corrente, num prazo inferior a 15 dias, os agentes desportivos devem incluir os aspectos relacionados com as infra-estruturas existentes, algumas das quais construídas para o CAN\'2010 e que estejam sub-aproveitadas. A título de exemplo, o Estádio de Cabinda está transformado em \"floresta do Maiombe\".
Enganam-se aqueles que pensam com espírito de ganância. As referências a introduzir sobre os recursos financeiros de apoio do Estado ao desporto, proveniente do OGE, como as Federações Nacionais querem, não vão ser a dobrar ou a triplicar. Nesse particular, a Secretária de Estado do Tesouro, Aia Weza, em representação do Ministro Archer Mangueira, foi bem clara na sua explanação.
\"O país ainda está a viver, no desporto, para pagar as despesas efectuadas, aquando da construção do Estádio 11 de Novembro para o CAN\'2010. Pode haver \"superávit\"  financeiro nos próximos anos, mas esse não é mais para construirmos estádios como o 11 de Novembro. Precisamos de infra-estruturas mais modestas\", disse a governante.
Da mesma forma, a intervenção do Ministro da Administração Pública Trabalho e Segurança Social, Jesus Maiato, \"critica\" a alta competição do desporto angolano e acalmou os agentes desportivos ao anuir, que os aspectos do \"diploma\" relacionados com a Segurança Social dos desportistas está praticamente concluído. Nos próximos tempos, vai haver boas notícias.
Para a Ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, a sua instituição, que esteve na origem de alguns subsídios constantes no documento apresentado pelo  MPLA , \"está a par de todos os problemas apresentados pelos representantes do desporto, porque convive diariamente com eles\".
Presidiu aos trabalhos do encontro a Secretária do Bureau Político do MPLA para a Politica Social, Yolanda Giselle Ribeiro dos Santos.