Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cofre vazio dificulta actividades

Rosa Napoleão - 29 de Dezembro, 2013

Walter Faustino é campeão mundial

Fotografia: Jornal dos Desportos

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o dirigente referiu que a sua instituição falhou no cumprimento de algumas actividades por falta de condições financeiras.

“Estamos felizes, porque fizemos aquilo que esteve ao nosso alcance. Realizámos o primeiro campeonato nacional desde que a modalidade existe em Angola e foi um sucesso, porque tivemos a participação de muitas equipas”, disse.

Pedro Emous recordou, ainda, a participação numa acção formativa de árbitros, em Kinshasa, na República Democrática do Congo, que contou com as presenças do presidente do Conselho de Arbitragem, Nzuzi Mavinga, do director técnico da Associação Provincial de Ju-jitsu no Moxico, Cláudio da Costa, do director técnico da Associação Provincial de Luanda, João Lourenço, e do director técnico-adjunto da Associação Provincial de Luanda, Cláudio Cabuço.

O curso, que se baseou nos aspectos técnicos com demonstrações das técnicas e de combates, distinguiu Angola como o país com mais disciplina e tecnicamente melhor capacitada. O reconhecimento incentivou a Federação Internacional de Ju-jitsu a indicar Angola para acolher o próximo campeonato africano, proposta esta que ainda está a ser ainda analisada.

O campeonato provincial da classe masculina foi igualmente realizado na província do Bengo, cujo título foi atribuído à equipa Ague-uke.
O secretário-geral da Federação Angolana garantiu redobrar esforços no próximo ano, para que as coisas corram melhor do que na presente época.

“Vamos procurar não depender apenas da ajuda do Ministério da Juventude e Desportos, mas procurar patrocinadores que possam suportar algumas despesas na altura das competições. A Federação tem um programa cheio de tarefas e nem sempre o dinheiro é suficiente”, reclamou.