Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Cohoquei apresenta relatrio provisrio

Silva Cacuti - 23 de Novembro, 2013

Cohoquei promete apresentar as contas do campeonato mundial,

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Comité Organizador do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins ( Cohoquei) promete apresentar as contas do campeonato mundial,  que o país acolheu de 20 a 28 de  Setembro, antes do  cumprimento do prazo estabelecido.  As contas do mundial são conhecidas a 18 de Dezembro, dez dias antes do prazo estipulado, de acordo com Pedro Azevedo, porta-voz do Cohoquei.

O responsável falava ontem no final de uma reunião, em que a Comissão Executiva apresentou ao Cohoquei uma proposta de relatório, que deve ser submetido à apreciação dos representantes dos Ministérios, que integraram o Cohoquei.

“Esta reunião apresentou ao Cohoquei um relatório provisório, que pensamos vai ser apresentado no dia 18 de Dezembro. As coisas estão avançadas, e o relatório já começou a receber as contribuições dos membros do Cohoquei ainda hoje. Alguns agentes que prestaram serviços estão a apresentar as suas reclamações, e pensamos, que até o dia 18 vamos apresentar um relatório final que seja exemplar. Pretendemos, que venha a ser um manual para as próximas organizações de provas internacionais, que o nosso país venha a acolher”, disse.

De recordar que fazem parte do Comité Executivo as sub-comissões de marketing, médica, defesa e segurança, logística e alojamento, técnico desportiva e finanças. O Comité Executivo é coordenado por Carlos Alberto Jaime “Calabeto”, presidente da Federação Angolana de Patinagem (FAP).

O Cohoquei é uma comissão inter-ministerial coordenada pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, e integra representantes dos Ministérios do Interior, Saúde, Hotelaria e Turismo, Comunicação Social, Defesa e Transportes.

O campeonato do mundo foi jogado nas cidades de Luanda e de Namibe por 16 selecções. A Selecção Nacional, comandada por Orlando Graça, ficou na nona posição.     
                       

Petroto e 1º de Agosto lutam pelo pódio

As equipas do Petro de Luanda e do 1º de Agosto disputam hoje, no pavilhão da Casa do Pessoal do Porto do Lobito, a última partida do “play off” para a disputa do terceiro lugar do campeonato nacional. Nenhuma das duas equipas dispõe de qualquer margem para errar. É a última partida, estando a eliminatória empatada e equilibrada.

No primeiro jogo, na quarta-feira, o 1º de Agosto venceu por 3-2 e, na quinta-feira, o Petro de Luanda empatou a eliminatória ao bater o 1º de Agosto por 5-4.Os jogos têm sido marcados por hombridade e muito equilíbrio, com as duas equipas a mostrarem vontade de ocupar a única vaga ainda disponível no pódio. Depois da folga de ontem, os rapazes de Mateus Torres, pelo Petro, e António Gaspar, pelos militares, entram para o campo com forças renovadas. As equipas vão oferecer um grande espectáculo, porque do resultado do jogo depende a efectivação dos objectivos da época. O Petro de Luanda, que conta com os internacionais Big e Kirro integrados no seu plantel, tenta segurar o terceiro lugar que já tinha conquistado na edição passada.

Por seu turno, o categorizado técnico português António Gaspar procura melhorar o quarto lugar. Depois do jogo para o terceiro lugar, as equipas da Académica e do Juventude de Viana descem ao tapete do pavilhão da Casa do Pessoal do Porto do Lobito para a terceira partida do “play off” da final.

O Juventude de Viana, às ordens de Fernando Fallé, venceu a Académica, no primeiro jogo, por 6-3 e, no segundo jogo, a Académica de Luanda, que tem no comando técnico o brasileiro Jurandir Silva “Didi”, humilhou os vianenses por expressivos 6-0.