Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

COI adia a definio de suspender Rssia

20 de Julho, 2016

o COI vai ter de levar em considerao a deciso do CAS em 21 de Julho com respeito s normas da IAAF

Fotografia: AFP

O Comité Olímpico Internacional (COI) adiou a sua decisão sobre a participação da Rússia nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro'2016. Os russos são alvos de uma série de acusações de doping que envolve os seus desportistas. O COI pretendia informar ontem se baniria a Rússia dos Jogos ou se aplicaria uma multa. A entidade que regula o desporto olímpico analisa as brechas jurídicas para viabilizar o afastamento dos russos.

Países como Estados Unidos da América e Canadá pressionam o COI para retirar a Rússia do Rio'2016. O relatório apresentado pela Wada (Agência Mundial Anti-doping) na segunda-feira mostra um esquema estatal para burlar o sistema de controlo de dopagem e reforçou o pedido de países contrários à presença dos russos nos Jogos.

A Wada apresentou relatório que apontou fraude da Rússia nos exames dos Jogos de Inverno de Sochi, em 2014. Os russos teriam falsificado exames anti-doping durante os Jogos de Inverno, de acordo com o documento.O atletismo da Rússia já estava banido dos Jogos Olímpicos desde o início do ano pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) depois de comprovado o envolvimento de atletas com substâncias dopantes, tendo a conivência de autoridades russas e da Federação Russa de Atletismo. Amanhã, a Corte Arbitral do Desporto (CAS) analisa o recurso da entidade e definir sobre a participação de atletas de maneira independente.

"Com respeito à participação de atletas russos nos Jogos Olímpicos do Rio'2016, o COI vai avaliar cuidadosamente o informe da Wada. A partir daí vai explorar as opções legais com respeito ao banimento colectivo de todos os atletas russos dos Jogos Olímpicos ou o direito à justiça individual. A este respeito, o COI vai ter de levar em consideração a decisão do CAS em 21 de Julho com respeito às normas da IAAF, como também o Código Mundial Anti-doping e a Carta Olímpica", disse o COI por meio de nota oficial.

Associação das Federações Internacionais de Desportos Olímpicos mostrou-se contra o banimento da Rússia. A entidade alegou que não se poderia generalizar as acusações de doping e  acrescentou que deveria ser respeitada a opinião de cada federação sobre o assunto.

MINISTRO RUSSO
ESTÁ BANIDO

Apesar de adiar a decisão sobre a participação russa nos Jogos Olímpicos do Rio, o COI já anunciou uma série de medidas. Entre elas está o banimento dos Jogos de qualquer pessoa ligada ao Ministério do Desporto da Rússia."O COI não vai dar qualquer credencial para os Jogos Olímpicos do Rio a qualquer oficial do Ministério do Desportos da Rússia ou de qualquer pessoa implicada no informe da Wada", diz trecho da nota da entidade.O COI informou também que não vai organizar nem reconhecer qualquer evento desportivo ou encontro na Rússia. Isso inclui planos para os Jogos Europeus de 2019.

ATLETAS RUSSOS
SÃO INVESTIGADOS

O COI vai começar a reanalisar as amostras de sangue e urina e vai investigar todos os atletas russos que participaram dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, assim como treinadores, oficiais e membros da delegação.Por causa das referências detalhadas à manipulação de amostras durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, o COI vai pedir que todas as federações internacionais de desportos de inverno suspendam os preparativos para grandes eventos na Rússia, como Taça do Mundo e Campeonatos Mundiais.