Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

COI deposita confiança na IAAF

11 de Novembro, 2015

O Comité Olímpico Internacional (COI) disse na segunda-feira, ter plena confiança no presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) para empreender "todas as medidas necessárias" no âmbito do escândalo de dopagem, que envolve o atletismo russo. "Trata-se de um relatório, profundamente chocante e triste, para o mundo do desporto. O COI confia na nova direcção da IAAF, sob a égide do seu presidente Sebastian Coe, para empreender todas as medidas necessárias", pode ler-se numa nota da instituição.

O COI felicita ainda a vontade manifestada pela IAAF de "tudo fazer para proteger os atletas limpos e reconstruir a confiança na modalidade".
O relatório da Comissão Independente (CI) da AMA, segunda-feira tornado público, recomenda a suspensão da Federação russa de atletismo, por práticas de doping, assim como a retirada da acreditação ao laboratório de Moscovo.

O presidente da IAAF, o britânico Sebastian Coe, vai propor ao conselho directivo que considere a recomendação da AMA para sancionar a federação russa, numa penalização que pode levar à suspensão total e a retirada dos atletas russos de futuras competições da IAAF.

RESPOSTA
A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) exigiu na segunda-feira à Federação Russa de Atletismo (ARAF), que responda até ao final da semana, às acusações de dopagem e corrupção contidas no relatório da Agência Mundial Antidopagem (AMA). "Quero uma explicação. Estou completamente chocado com estas acusações", disse o britânico Sebastian Coe, presidente da IAAF, indicou que quer uma resposta da entidade que tutela o atletismo russo até ao final da semana.

O Sebastian Coe referia-se ao relatório da Comissão Independente (CI) da AMA, tornado público na segunda-feira, que recomendou a suspensão da Federação Russa de Atletismo por práticas de doping, assim como a retirada da acreditação ao laboratório de Moscovo.