Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

COI divulga programa de reformas dos Jogos

20 de Novembro, 2014

COI divulga programa de reformas dos Jogos

Fotografia: AFP

O Comité Olímpico Internacional (COI) divulgou esta semana o seu programa de reformas para os Jogos Olímpicos futuros, com propostas inovadoras como a inclusão excepcional de disputas em países diferentes aos da cidade-sede e fim do limite de 28 desportos por edição.De acordo com o documento, a organização do evento pode continuar a disputa as modalidades para outras cidades do mesmo país, mas também para o exterior, desde que se respeite a “integridade da Vila Olímpica”.

Além disso, o COI pretende mudar o sistema de eleições das sedes, que agora vão ser convidadas a apresentar projectos que melhor respondam às necessidades próprias em longo prazo, nos âmbitos económicos, sociais, ambientais e desportivos.Para diminuição de encargos com relação ao processo de candidaturas devem ser reduzidas as apresentações que as cidades têm de fazer. Todas, inclusive, vão receber “uma contribuição financeira significativa” do Comité Olímpico Internacional.

As propostas, impulsionadas com chegada à presidência da entidade do alemão Thomas Bach, devem ser votadas em 8 e 9 de Dezembro, na assembleia que vai ser realizada no Mónaco. As propostas, num total de 40, formam a chamada Agenda 2020, ano em que se pretende que todas entrem em vigor.Quanto ao número de modalidades, o objectivo do COI é construir um programa baseado na quantidade de provas. Cada edição não pudesse ultrapassar as cotas estabelecidas para atletas, técnicos e pessoal de apoio.Além disso, é proposto que a Carta Olímpica inclua a não-discriminação por orientação sexual, como um dos princípios fundamentais do movimento.